Você trabalha com prazer?

Qual o estado de espírito com que você acorda e encara mais um dia de trabalho? Com a sensação de estar indo para um sacrifício do qual você não tem condições de abrir mão, por necessidade material?

Ou, ao contrário, com o mesmo grande sentimento de prazer que geralmente está presente quando você se dedica a alguma atividade de lazer?

Ter uma profissão que seja fonte de realização interior é tão importante que, não por acaso, em nossa carta astrológica natal, a casa que rege esta área da vida é a mesma que define as condições de saúde.

Visto que o trabalho ocupa grande parte de nosso tempo, é extremamente importante que ele se harmonize com nossa natureza essencial e nos traga, além da recompensa financeira, muita satisfação.

Infelizmente nem todos têm a sorte de desenvolver esta consciência no momento de definir a profissão. Alguns escolhem para seguir uma tradição familiar, outros por ser uma carreira altamente valorizada pela sociedade, que possui um potencial elevado para se ganhar muito dinheiro.

Somente com o tempo é que irão perceber a armadilha, pois quanto mais dinheiro ganharem, mais difícil se torna abandonar uma atividade que não os realize, já que o medo da insegurança material se torna um fantasma.

Ter a coragem de abrir mão de uma posição confortável para seguir um talento que grita para ser reconhecido, não é uma tarefa fácil. O inicio pode ser bastante desafiador.

Mas, quando somos motivados por um desejo intenso, que brota do coração e nos faz ter a certeza de que ali, naquele caminho, está nossa chance de realização, nada pode nos deter.

E isto não significa abrir mão das ambições, do desejo de ser bem sucedido materialmente. Muitos que iniciaram uma carreira aparentemente sem futuro,  dedicaram-se a ela de tal modo, com tamanha paixão, que o resultado só poderia ser o reconhecimento do mundo, com a conseqüente recompensa material.

Paciência, perseverança e uma inabalável convicção acerca da própria vocação, são os aliados fundamentais de quem almeja uma vida em que o  trabalho seja também fonte de felicidade.

COMPARTILHAR
Elisabeth Cavalcante
FORMADA EM JORNALISMO PELA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO, ATUOU DURANTE 20 ANOS EM PUBLICAÇÕES DA ÁREA DE SAÚDE; ASTRÓLOGA, TARÓLOGA, TERAPEUTA FLORAL E COORDENADORA DE MEDITAÇÕES E WORKSHOPS VOLTADOS AO AUTOCONHECIMENTO E DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL. COLUNISTA DO SITE: www.somostodosum.com.br DESDE 2001. e-mail: [email protected]



COMENTÁRIOS