Você será sempre uma parte de mim

Re Vieira

O dia que eu te conheci já sabia que seria amor, e tem sido assim desde os últimos 11 anos, idas e vindas, encontros e desencontros, vontades aladas e desejos urgentes, sempre tive a sede de felicidade, mas com você eu queria apenas que o tempo estagnasse, queria me perder contigo em uma dessas tardes de verão, e amanhecermos em uma praia deserta com o sol a vir nos dar bom dia. Queria que não houvesse mais despedidas e nem tão pouco a angustiante espera de um novo encontro.

A lembrança é um território perigoso, lá fica a nossa melhor parte, a parte que nunca queremos deixar para trás. É o primeiro beijo, o primeiro amor, e aquilo que foi vivido apenas dentro de uma bolha de segundos, e foi o suficiente para ficar infiltrado em nossa memória, e o enfatizamos como perfeito, e sempre nos deixamos levar pelo feeling do momento e a deixa sempre nos traz para o que realmente deveria ser esquecido, então surgem os momentos contraditórios, onde talvez o presente não é mais tão delicioso como a última lembrança foi, e junto com esse gosto amargo da ausência vem as dúvidas. “- Poxa, realmente não é para ser? ”

Hoje estou aqui, e não quero apenas relembrar com saudades de cada dia especial que você esteve em minha vida, em mim sempre terei a certeza de que os mais intensos foram ao seu lado, hoje gostaria apenas de lhe dizer que não me importa em que país você more, se está a milhas ou apenas um quarteirão da minha casa, hoje eu quero que você saiba que estará para sempre em meu coração, mesmo que venhamos conhecer novas pessoas, que você se case em Bali, e eu no Japão, mesmo que você viva intensamente uma tórrida lua de mel na França, e eu esteja enfrentando meu 3º divórcio lá nas Ilhas Cayman. Eu preciso que você saiba que não me sinto presa a ti. Seu amor é mais do que marcas na pele e saudades que pesa meu coração, ele é a história que eu pretendo contar aos meus filhos antes de dormir, você é quem torna ardente toda a minha paixão.

Não quero jogar pela janela nada do que já vivemos, não quero lhe exigir que sejamos igual fomos no nosso primeiro encontro, porque se assim o fizéssemos estaríamos perdendo o verdadeiro encanto. A primeira impressão é a que fica, mas a essência se encontra naquele momento que nunca deixa o outro terminar, e é somente isso que eu desejo, que sempre eu tenha um novo recomeço com você. E sempre venhamos a cultivar mais primeiros beijos, porque nunca um será igual ao outro, e que encontremos e refaçamos a mesma cama para uma nova primeira transa e que a facilidade que encontramos em brigar encontremos também em noz refazermos e sempre venhamos selar a paz com muito amor, nada nasce pronto, basta saber o quanto você é capaz de cultivar

Todos as forças do universo conspiram para ver o nosso fim, e hoje tenho comigo apenas uma convicção, acabam-se os dias, a ressaca, e até o tesão, mas é impossível se acabar o amor que um dia foi cultivado em nosso coração, então quero que você saiba, que não me importa por qual caminho está a sua vida nesse momento, saiba apenas que em cada despedida cultivo um pouco mais de nós dois aqui no meu coração. Sua presença será notada, e sua saudade será sempre sentida, comigo guardo nossos momentos, e em mim encontrarás não somente um refúgio, mas também serei sempre a sua moradia, assim como você será sempre parte de meus dias.

PS: Volte sempre que quiser, aqui sempre vai ter para ti um lugar, e um coração quente a te esperar.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS





Re Vieira
Re Vieira, guria apaixonada pela vida, escorpiana formada em direito, amante das palavras, ama café, gente divertida e vinhos, sou aspirante a escritora, louca de intensidade e sobrenome, tenho 27 anos mas perco a maturidade diante de um sorvete com gomas de mascar, me convidem pra beber e viramos amigos de infância.

COMENTÁRIOS