VOCÊ NÃO É O SEU TRANSTORNO!

Mateus Túlio

Por detrás do seu sorriso bobo eu consigo enxergar além, posso sentir suas dores, seu olhar lhe entrega, talvez seja o brilho que ele traz carregando centenas de histórias que aquele seu sorriso não expõe. Eu posso sentir o seu coração pulsar, suas mãos tremerem e notar o suor gelado transbordando de sua pele. Consigo notar o medo, a sensação de insegurança e principalmente acompanho os seus olhares pela multidão a procura de um abraço amigo, e sem êxito observo todo o seu corpo pulsar em direção ao desconhecido, suas emoções tomarem conta de sua razão e em um súbito de desespero eis que em um misto incontrolável de sentimentos surgem as lágrimas.

Todos nós temos em nosso ser um turbilhão de sentimentos desconhecidos, somos movidos por interesses cuja essência se encontra na emoção. É difícil de entender e decifrar, abstrato e incompleto bagunça nossos atos.

Em muitos casos observamos julgamentos sem ponderação, abstraído de toda e qualquer empatia. A sociedade não aceita aquele que sofre de um transtorno mental da mesma maneira que aceita um diabético. Precisamos entender e aprender a dar atenção para as dores psicológicas.

Não é engraçado rir do seu colega de escola que sempre senta afastado dos demais na sala de aula, fazer piadas do professor quando se sabe de suas dificuldades diárias, zombar de uma pessoa que possui algum problema mental ou incapacidade, não vale dizer que os cortes no pulso de uma conhecida sua é para chamar atenção ou fazer drama, fofocas podem destruir de várias maneiras uma pessoa. Você sabia!? Precisamos aprender a observar os detalhes, localizar o “x” da questão, estender uma mão e procurar o mais humildemente apoiar.

As melhores coisas da vida você não verá com os olhos, pois o melhor dela foi feito para você sentir. Sinta as diferenças, se expresse, ame, corra até o seu coração bater mais forte, sinta a brisa do vento, e lembre-se que as pendências emocionais inviabilizam a nossa vida. Nunca se esqueça de que você não é o seu transtorno, e que são os seus passos que fazem o caminho. Não somos feitos de opiniões, dos medos ou das frustrações de alguém. Quando a verdade é o sentido das suas escolhas e renúncias, isso sim é louvável. Todo caminho é um caminho, o resto é mero ponto de vista.

COMPARTILHAR


RECOMENDAMOS


Mateus Túlio
Procure entender-me entre a razão e a emoção e a as constantes incertezas que variam em minha mente. Desculpe-me se um dia lhe confundir entre as dramatizações da vida e a minha intensa busca pelo desconhecido. Estudante de Psicologia e um grande amante da escrita. Estão prontos para embarcarem neste devaneio?

COMENTÁRIOS