VOCÊ ATRAI O QUE VOCÊ É

“Inicie sua semana reprogramando sua mente para criar aquilo que você quer.
Não diga “eu quero”. Diga “eu posso”. Não diga “não tenho”. Diga “terei em breve”.

Mude a chave de suas verbalizações para o polo positivo.

Se não possui ainda o dinheiro necessário para pagar algo, jamais diga “não tenho dinheiro”. Diga em breve terei o dinheiro necessário para…”. Se ainda não tem o ofício que ama, jamais fale mal ou amaldiçoe seu trabalho.

E também não faça o mesmo com seus relacionamentos. Isso te coloca em estado de revolta. E você receberá mais motivos para sentir-se assim. Você atrai o que você é. Abençoe em sua vida tudo aquilo que ainda lhe causa mal estar.

E agradeça. Repita sempre: “isso é apenas um aprendizado, eu abençoo essa situação, aprendo com ela e logo estarei em uma situação melhor”. Por mais difícil que sua realidade lhe pareça, essa é apenas uma percepção distorcida daquilo que você mesmo criou. Por mais estranho que seja, você se colocou onde está.

Se não gosta de sua vida agora, é porque seu interior também não lhe agrada. E toda mudança, repito e repito: vem de dentro. Não procure soluções externas.

Procure conhecer-se, amar-se, abençoar-se, perdoar-se. Sinta-se merecedor de tudo aquilo que lhe é de direito. O natural do SER é SER feliz, próspero, abundante, saudável.

Comece a decretar o que você quer em sua vida. Esqueça as ofensas, esqueça o fracasso, esqueça o que lhe faz sofrer. Liberte-se da negatividade. Peça ajuda se não consegue sozinho. Se você continuar a repetir o mesmo comportamento, repetirá também os resultados.

Mude seus hábitos mentais, escolha suas palavras, semeie o bem sem ver a quem. Coloque sua vida ou seus problemas dentro de uma bolha cor de rosa e deixe-a flutuar…

Entregue ao universo. E CREIA. Ame. Acolha. Compreenda. Sorria. Agradeça. Abrace. Sonhe.

Preencha-se da imensurável felicidade de ter todos os dias um presente: O milagre de RECOMEÇAR.”

VIAJuliana Nishiyama
COMPARTILHAR
Resiliência Humana
Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia



COMENTÁRIOS