Às vezes a gente se sente perdido na estrada

Resiliência Humana

Voltando àquela máxima de que a vida tem muitos caminhos, percebo que às vezes a gente se perde na estrada. Quer dizer, antes de se perder, acontecem algumas coisas como o tédio do caminho em que a gente está. O resultado é que nos sentimos perdidos!

Em algum momento da vida escolhemos ir por determinada estrada e isso parece a coisa mais lógica, mas sensata, parece mesmo ser o que o nosso coração pede, então caminhamos por essa estrada, vamos apreciando a paisagem, as pessoas que passam por ela, as situações, vamos aprendendo, ou simplesmente ignorando, ás vezes chove, às vezes faz frio, às vezes calor, mas ta tudo bem, aquela é a estrada.

Até um dia em que a estrada não parece mais ser a certa, ou algo nela não vai bem, talvez os buracos, as curvas, ou simplesmente a reta… vai saber! Bom, ta decidido, vamos mudar de estrada, mudar de caminho.

Mas…
Aquele caminho em que eu estou já conheço tão bem, conheço tudo que pode acontecer aqui; (conforto não é exatamente sinônimo de crescimento e aprendizado)

Num outro caminho posso me machucar, posso não me sair tão bem; (tenho medo; quem vai me proteger? (Segure essa: ninguém!).

Estarei sozinha nesta outra estrada e até me acostumar… (mas não estamos sempre sós, nossa busca não é sempre solitária, apesar da população mundial em volta?). Seria bom ter alguém para caminhar junto (É seria, mas vai ficar parado por isso?).

Por que será que sempre esperamos uma mão protetora que vai vim sabe-se lá de onde para nos salvar?!

Ah o tédio, a rotina, são eles que nos fazem trocar de estrada, e no novo começo, com medo de tudo em volta, medo de onde se pisa, medo de quem passa, medo do que não passa, olhar para todos os lados, olhar para cima, olhar para baixo… que medo, vou voltar!! Me perdi!

Surpresa: Nessa viagem não se volta, só se vai. A única possibilidade de voltar é seguir a estrada até o fim, vai ver ela vai fazer uma curva em algum lugar lá na frente e volta para o ponto de origem, ou para a estrada anterior. É pode-se pensar assim, mas dificilmente seremos os mesmos depois de uma viagem e de novos lugares, novas esquinas, novas chuvas…

Como vou me proteger na viagem por uma estrada que não conheço? Pureza de Alma, aceitação, disciplina, auto-conhecimento, confiança em Deus.

Vamos lá… boa viagem! Boas escolhas! E se se sentir perdido… LEMBRE QUAL É O OBJETIVO FINAL DA VIAGEM…. caminhos, são só c a m i n h o s….

FONTELai Yoga
COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS


Resiliência Humana

Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia


COMENTÁRIOS