UMA PENA! VOCÊ VOLTOU NO MOMENTO ERRADO.

Cris Souza Fontes

Sabe aquele antigo amor que arruinou seus sonhos, te fez chorar e te disse que nunca mais voltaria pra sua vida? Pois é, ele voltou. Só que no momento errado.

Eu, sinceramente, não sei por que essas coisas acontecem assim, dessa forma, como se todos estivéssemos dentro de um filme vivenciando típicas histórias dos romances americanos!

Sim! Você se apaixona um dia, entrega todo seu coração para aquela pessoa, aí ela te faz mal (sei lá, por alguma razão qualquer) e você sofre semanas, meses e às vezes até anos com essa separação. Daí resolve recomeçar sua vida, encontra uma pessoa que te faz bem, volta a se apaixonar, vive super “felizinho” ou “felizinha” com a criatura e sabe o que acontece? O antigo volta. É, ele volta e diz que se arrependeu, que sente sua falta e que não sabe viver sem você. Exatamente tudo aquilo que você sonhou em ouvir um dia mas que nunca ouviu.


O que acontece então?

PENSA: o outro me fez sofrer, me fez chorar, eu recomeço minha vida, estou sorrindo e ele volta dizendo que me quer de volta??? Fala sério, né?

Que peninha… O coitado não acertou o momento. Se ele tivesse nos encontrado naquele período onde estávamos frágeis, ainda sofrendo por ele, carente… quem sabe até poderíamos ceder a idiotice de retomar a estúpida vida que tínhamos antes! Porque a gente faz isso, né? A gente sofre e não toma vergonha na cara e caímos nas mesmas armadilhas uma centena de vezes até o fatídico dia em que cansamos e gritamos socorro, xô! Isso não é mais pra mim!

Só, meus queridos, que agora, a pessoa retornou quando você está feliz. Ela simplesmente voltou no momento em que você havia finalmente encontrado a felicidade, o amor e aliviado as dores causadas pelas queimaduras antigas! Você conseguiu ser feliz, enfim.

E agora? Vai abrir mão de tudo pra viver algo que não deu certo antes?

Vai nada!

Vai achar uma pena, algo assim… “que triste!” e dizer ao outro que ele chegou na hora errada, que ele voltou no momento errado, ou seja, não dá mais!

Você não está mais disposto(a) a passar por tudo aquilo de novo, não está disposto a se ausentar como mulher, como homem, para manter uma relação, você não está mais disposto a sofrer! Você não quer mais sofrer. E mesmo que a pessoa venha e diga que mudou, será que mudou mesmo? Ou será que a ideia de te ver feliz de novo e ao lado de outra pessoa não o fez repensar, han?

Amigos e amigas, eu sei que isso acontece muitas vezes. Parece até que “ex” tem radares para captar o momento em que você volta a ser feliz e encontra o amor de novo na companhia de alguém. Mas seja forte. Coloque tudo na balança, faça até uma listinha se for precisa com os pontos positivos e negativos e faça a sua escolha. Pense e repense e, por favor, não coloque seu coração no fogo de novo! Ele já sofreu demais, né?

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS


Cris Souza Fontes

Escritora, blogueira, amante da natureza, animais, boa música, pessoas e boas conversas. Foi morar no interior para vasculhar o seu próprio interior. Gosta de artes, da beleza que há em tudo e de palavras, assim como da forma que são usadas. Escreve por vocação, por amor e por prazer. Publicou de forma independente dois livros: “Do quê é feito o amor?” contos e crônicas e o mais espiritualizado “O Eterno que Há” descrevendo o quão próximos estão a dor e o amor. Atualmente possui um sebo e livraria na cidade onde escolheu viver por não aguentar ficar longe dos livros, assim como é colunista de assuntos comportamentais em prestigiados sites por não controlar sua paixão por escrever e por querer, de alguma forma, estar mais perto das pessoas e de seus dilemas pessoais. Em 2017 lançará seu terceiro livro “Apaixonada aos 40” que promete sacudir a vida das mulheres.


COMENTÁRIOS