Toda mulher é uma super-heroína, com ou sem capa

Resiliência Humana

Vou lhe contar uma história de superação, de admiração, porque nem todo mundo sabe sair do poço quando cai muito fundo, nem continuar em frente quando não sabe que em meio à aridez que rodeia é possível enxergar miragens. Toda mulher é uma super-heroína, mesmo que às vezes se esqueça disso. Esta é a história de uma delas.

O seu sorriso não é um sorriso qualquer. Nasce da sua história, mostra o seu passado. Apesar da sua pouca idade, conheceu de forma íntima a tristeza e o desespero. Por sorte, hoje pode falar desse encontro e explicar as razões pelas quais decidiu abandoná-los como companheiras de vida… apesar das tentações que lhe ofereciam.


Nem todo mundo terá a sorte de conhecê-la de verdade, de saber que quando ela cala, esconde muito. De intuir que quando ri, ri com vontade e porque o sente; nem todo mundo entende seu jeito de expressar o que quer e o que ama, porque só quem tem a sorte de poder ver através da sua bolha sabe o que guarda dentro.

Ainda há muito para descobrir. Vai explorando pouco a pouco, mas não quer que respingue nos outros, por isso às vezes sua capa se transforma em um escudo protetor. Também tem medo, por isso é corajosa.

É uma super-heroína porque agora usa o que viveu para ajudar os outros, porque aprendeu a colocar palavras e emoções em tudo que a rodeia. Porque aprender e ensinar foi sua decisão pessoal.

Lutar para continuar em frente

Muitos super-heróis lutam contra os inimigos, mas nesta história a luta é para continuar em frente, para saber como usar o que você tem fora de si para se tornar forte por dentro. Uma força que impede que se curve aos preconceitos que colocam algemas falsas, tão bem feitas que parecem de verdade, para tolher a liberdade.


Sempre para frente, porque mesmo que você chegue a um final, não é definitivo. Sempre resta algum motivo para continuar e se levantar de novo. Ela é uma super-heroína porque demonstrou o seu valor e sua força, sua vontade e sua luta, ela pode com tudo, agora tenho certeza.

A admiro porque soube se apoiar nos outros sem prejudicá-los, porque soube quebrar a barreira que a separava do mundo. A admiro porque cada dia se levanta e continua sorrindo, com esse sorriso tão cheio de história e de força. A admiro porque cuida dos outros com o mesmo carinho que cuida dela. Neste sentido, não faz separação entre ela e as pessoas que ama.

Toda mulher é uma super-heroína e pode escrever seu próprio final

Saber pedir ajuda também é de super-heróis, porque às vezes a gente sozinho não consegue encontrar a saída, e com um pouco de ajuda e organizando suas habilidades saberemos como enfrentar tudo que vier. Tenho certeza de que você já aprendeu a fazer isto muito bem.

Minha super-heroína conta com um exército limitado em número, mas muito grande em coragem. Ela é um tesouro e sempre que se cansar terá ao seu redor alguém para ajudá-la. Assim como os corredores têm quem lhes proporciona água na corrida, quando ela se cansar ali estará, sem dúvida alguma, todo o seu exército para lhe dar forças. Eles estarão presentes quando ela se esquecer dos superpoderes que tem como um chamariz para que a lembrança volte.

O final não está escrito, nós devemos escrevê-lo. Deixamos de viver quando já não resta vontade de lutar, quando a tentação de jogar a toalha é maior que a força de nossos músculos, cansados de segurá-la por muito tempo.

Minha super-heroína esqueceu que tinha capa e teve que fazê-la ela mesma. Não foi fácil, mas construiu uma tremenda história de superação e hoje pode mostrá-la ao mundo orgulhosa. Porque poucas ações provocam mais orgulho do que avançar para um objetivo quando o vento sopra contra, poucos fogos têm o poder tão forte para dar valentia ao espírito.

O seu exército a protege a cada passo que dá. Obrigado por abrir a sua bolha e dar tudo que você dá, porque essa capa que você fez para si agora mostra as cores mais belas do arco-íris.

Sim, toda mulher é uma super-heroína, com ou sem capa, cada uma com os seus superpoderes. Você já descobriu os seus?

FONTEA Mente é Maravilhosa
COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS


Resiliência Humana
Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia

COMENTÁRIOS