Tenha calma: deixe que o tempo cure e ponha cada coisa em seu lugar

Pode ser que agora lhe pareça impossível, mas tudo que você precisa para lhe trazer serenidade e encontrar a si mesmo é de tempo.

Respire e tenha calma, porque a dor de agora será curada com os ponteiros do relógio. O tempo é implacável: cedo ou tarde põe cada coisa e cada pessoa no lugar devido.

É muito provável que você já tenha escutado esta frase mais de uma vez: os dias irão curando seu sofrimento e que, pouco a pouco, nossas lágrimas se transformam em novas esperanças.

Os ponteiros do tempo têm duas virtudes: podem nos ajudar a aliviar a dor ou nos transformar em pessoas produtivas que escondem uma dor crônica.

Para suavizar uma angústia, para tratar uma depressão, o caminhar do próprio tempo é a única estratégia.

Temos energia, ferramentas pessoais e um controle emocional adequado para que o futuro nos traga o que merecemos de verdade: calma e equilíbrio.

O tempo é sábio se você quiser

Nos educaram com ideias muito embaralhadas, essas que nos prometem coisas como “a vida traz coisas boas a quem é de bom coração”, ou que “o bem sempre chega a quem sabe esperar”.

À esta altura da vida e do seu ciclo vital você sabe muito bem que também acontecem coisas ruins às pessoas boas, e que a felicidade não bate na porta por si só por mais que esperemos.

O que queremos dizer com isto? Algo muito simples: viver é tornar-se um sábio guerreiro capaz de conhecer que batalhas devem ser lutadas e quais guerras é melhor evitar.

Devemos desenvolver novas estratégias emocionais que poderão nos fazer sobreviver em nossos contextos complexos e, às vezes, desgastantes.

Vencer obstáculos implica em passar por certas etapasMenina dormindo para passar o tempo
Imagine por um instante uma ferida. Para poder curá-la é preciso, em primeiro lugar, fechar o corte, o impacto ou a contusão em nosso corpo.

Precisaríamos de pontos, uma bandagem e tempo de repouso. Mais tarde, começaríamos uma reabilitação específica para recuperar a mobilidade.

Psicologicamente acontece quase o mesmo: precisamos de um tempo para recuperação e outro para reabilitação.
Para curar a tristeza considere que você vai precisar de um tempo de calma e recolhimento.
Uma decepção, um fracasso ou uma perda se processa em nosso cérebro do mesmo modo que uma queimadura, que um trauma físico.

A nossa química cerebral tem uma necessidade de reconhecimento de onde focar toda a atenção em nós mesmos: não fuja disto, é a única forma de aceitar o que ocorre.

A verdade sempre se manifesta cedo ou tarde
Já sabemos que para controlar um momento difícil não é necessário ficar parado.

O tempo por si só, não cura as feridas se nós mesmos não liberamos certos pensamentos de nossa vida, e inclusive certas pessoas.

Para avançar com sabedoria é preciso tomar decisões difíceis. É assim que se vive o futuro e o passar do tempo com mais plenitude.

Neste caso, outro aspecto interessante é o fato de a verdade sempre ser revelada.

Quem lhe enganou com falsidades, cedo ou tarde, acaba sendo prisioneiro de suas próprias ações.

Aquela pessoa que não escutou quando você trouxe uma verdade à mesa, em algum momento, vai acabar reconhecendo a sua sinceridade.

Por isso, é necessário que se mantenha a calma. Porque a hipocrisia alheia nunca se sustenta por muito tempo.

Em algum momento, a mentira cai e a falsidade recebe o que merece.

Como manter a calma em momentos difíceis

A pressão no trabalho, os problemas de comunicação com o parceiro, a falta de tempo com nossos filhos ou mesmo a sensação de cansaço e mágoa sem motivo aparente são aspectos muito comuns nos dias de hoje.

Podíamos dizer que nos esquecemos de como ser felizes; no entanto é algo mais profundo e complexo: sentimos uma espécie de angústia existencial, e nossas prioridades se perdem.

Para manter a calma em períodos difíceis faça isto: lembre-se do que é mais importante para você e concentre-se nisto.

A calma emocional é alcançada através de uma calma mental. Você é o que você pensa, por isso tente focar seus pensamentos nas coisas construtivas, positivas e otimistas.

Se ficarmos obcecados com o ontem, com os erros já cometidos e as decepções, não avançamos e alimentamos ainda mais o caos mental.

Organize o novelo dos seus pensamentos. Pratique a atenção total, centre todo seu interesse no aqui e agora e fortaleça seu coração.

Se você controlar suas emoções corretamente, o destino lhe trará aquilo que merece, mas para isto deve haver luta.

FONTEMelhor com saúde
COMPARTILHAR


Resiliência Humana
Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS