Solteira nessa idade? – Solteira nessa feliz idade!

Juliana Manzato

Quase 30 e uma coleção de quase relacionamentos. Atualmente sem previsão de investimento para aumentar a coleção.

A fase é meio esquisita, o foco é outro e parece mesmo não caber ninguém por aqui, no agora.

Confesso que ando sem paciência, as poucas investidas me lembram o dia que eu decidi investir na bolsa de valores sozinha, foi um tanto caótico e traumático. Acho que sempre fui uma bagunça para investimentos – em todos os sentidos.

Quase 30 e eu ouvi da amiga da minha avó: “Solteira nessa idade?”.

Foi natural, meio que perdendo as esperanças. É Dona Terezinha, “Solteira, feliz e trabalhando horrores nessa idade, acredita?”. Rimos. Eu achei graça, ela achou que era desespero.

Mas sabe Dona Terezinha, não é só a senhora que me olha com certeza estranheza, digamos assim. Tenho amigas casadas que não me falam, mas certamente pensam “solteira nessa idade?”. As amigas da minha mãe também pensam. Meu pai também. Tenho amigos homens que são mais diretos e falam inconformados “Como assim você está solteira?”. Minha mãe acha que ainda não. Alguém coerente, né?

Não dói sentir essa pressão por uma relação, dói ver o quanto as pessoas associam relacionamento com felicidade. Eu adoraria ter alguém para dividir a vida, e até ler esse texto antes de você, mas esse alguém não pode ser qualquer pessoa. Não quero ter um relacionamento no desespero de simplesmente ter. Acho que mais do que ter é acontecer, sabe? Deixar fluir sem essa pressão absurda de ter, ter, ter, ter.

O que eu quero ter mesmo é dinheiro, carreira, projetos pessoais decolando e acontecendo. A vida pessoal não é prioridade, para mim é a consequência do sucesso. Quando eu me sentir plena e completa eu penso em decidir a outra parte da vida. Um passo de cada vez e veja só, organizamos as prioridades.

Acho que está mais do que na hora de pararmos de pensar na solteirice com estranheza, mas sim como resolução. É melhor estar sozinho do que fazendo o outro sofrer por indecisão. É melhor estar sozinho do que enganando o outro tentando fazer questão.

Acho que é muita gente tentando achar a resolução de uma vida casando e comprando uma bicicleta. Acho que é muita gente se importando com quem só quer comprar a bicicleta, é mais do que que isso, acho que é muita gente banalizando relacionamento.

– Solteira nessa idade?
– Solteira nessa feliz idade.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS


Juliana Manzato
Apaixonada por amor, cachorros, textos e coisas inspiradoras. Adora fotografia, mar, sol, doce de padaria, verão e olhar o céu azul. Faz da vida poesia e textos. Muitos textos! Sonhos? Vive deles

COMENTÁRIOS