Se você quer mudar, pare de fazer sempre o mesmo

Queixar-se quando algo não sai como queremos é normal, mas quando a queixa é sempre pelo mesmo motivo, é você mesmo quem está falhando. Se algo não dá certo e você continua fazendo do mesmo jeito, continuará dando errado. Se queremos mudanças em nossas vidas, também precisamos saber mudar nossas ações.

Vou contar o caso de uma pessoa de forma anônima. Acontece que ela tinha um grupo de amizades com quem saía frequentemente, mas não gostava de algumas atitudes deles, como quando marcavam e se atrasavam, o fato de não serem muito responsáveis, e também o costume que tinham de cancelar os compromissos em cima da hora, sem dar tempo para planejar coisas novas.

Me contava e se queixava, muitas vezes, da mesma situação, e eu lhe perguntava, “Já pensou em conhecer outras pessoas e fazer novas amizades?”.  Não gostava que eu fizesse essa pergunta, porque dizia que eram boas pessoas, que os conhecia há muito tempo, e eu lhe dizia, “Tem razão, mas por mais legais que eles sejam, você nunca está de acordo com o que eles fazem, não são pontuais e, quando cancelam, não te avisam com antecedência suficiente para que você se organize novamente.”

mudar1

Ela ficava pensativa. Por um lado tinha vontade de conhecer gente nova, mas por outro, tinha medo do desconhecido. Voltar ao início, em qualquer sentido, é difícil, seja no mundo do trabalho, na área sentimental, ou nas amizades… Mas se não estamos felizes com alguma situação, vale a pena explorar novos caminhos. Ela me dizia continuamente a mesma coisa, “Hoje íamos explorar uma cidade durante todo o dia, saí de casa com a mochila preparada e, no caminho, me ligaram dizendo que aconteceu um imprevisto e que não poderiam ir.”

Mais uma vez, perguntei se ela estava disposta a continuar dando oportunidades para essas pessoas, e acrescentei “Quantas vezes você vai continuar se decepcionando com eles?”

Ela continuava defendendo suas amizades e contava que tinha razões para não desistir deles. Mas por mais que imprevistos continuassem surgindo, uma pessoa íntegra avisaria com antecedência, para não causar problemas.

Após alguns anos, ela enfim se deu conta de que estas amizades eram muito diferentes dela, que merecia pessoas que oferecessem o mesmo que ela: integridade, responsabilidade e palavra. Agora já tem novas amizades, mas antes de conseguir bons amigos, passou por outros que não deram certo.

Tudo na vida funciona assim; é preciso passar por um processo até encontrar o que realmente precisamos. Agora ela costuma dizer “Como não me dei conta antes? A diferença entre passar os fins de semana me queixando da frustração causada por aquelas pessoas, e agora aproveitar o tempo com pessoas diferentes, é incrível!”

Ela sempre esperou que suas amizades mudassem, mas as coisas não mudam sozinhas. Muitas vezes o que falha não é o exterior, e sim nós mesmos, que não tomamos a responsabilidade das situações. Não podemos culpar os outros por serem como são, o que podemos fazer é escolher se permanecemos ao seu lado ou não. Na vida, há uma infinidade de oportunidades; se você se encontra num lugar onde não se sente confortável, trate de começar a mudar seu caminho.

mudar3

Há muitas pessoas presas a trabalhos que não gostam, a amizades que não proporcionam nada positivo, a casamentos nos quais não há amor e cada dia é um calvário. Começar de novo realmente dá muito trabalho, e isso requer muita força de vontade, mas tentar não custa nada. Lembre-se de que, se você não tomar uma iniciativa para mudar, nada mudará por si só. O destino não está escrito, ele se modela com base em nossas ações. Há um mundo de possibilidades lá fora, aproveite e não se conforme com o que não te faz feliz.

COMPARTILHAR
Resiliência Humana
Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia



COMENTÁRIOS