SAIBA RECONHECER O AMOR QUANDO ENCONTRÁ-LO

Alessandra Piassarollo

Na celeridade de dizer que se encontrou o amor, muitos se precipitam. Nem tudo é o que parece e o amor não se deixa reconhecer facilmente. Aquilo que te enche de inseguranças e de perguntas para o futuro, nunca foi nem será amor.

Amor de verdade é aquele que te deixa tranquilo. E leve. Com a certeza de que tudo está onde deveria. De que não importa o que aconteça, tudo vai terminar bem. Você sente que tem tudo o que precisa, e o resto é detalhe. Nada faz muita falta, só acrescenta.

Demora-se pra entender. Às vezes passam-se anos de busca, pra se saber como seria amar de verdade. E quando a inquietude tiver acabado, é que se compreenderá que chegou o tempo certo. Que se encontrou o que se procurava. A conta fechou. A chave girou. A vida lhe sorri, porque sabe que agora sim: Chegou o amor!

Lá vem a sossego. Calmo e sereno fica o coração. Sem incertezas, sem questões. Aqui é o lugar aonde se queria estar. Os medos foram pra longe, fugiram sem ter onde se esconder. Não ficou um sequer, nem mesmo o medo do friozinho da madrugada. Aquele que você encontrou vai cuidar disso pra você.

Bom mesmo é saber que isso vai durar; que não acaba amanhã. Que sua mão estendida vai ter quem a segure. E seus ombros, quem os protejam. O coração pulsa feito pedra atirada no lago. Pequenas ondas e só. Logo a calma reina no espelho d’água e no peito. O brilho que se instala vai rapidamente da alma em festa à menina dos olhos. Por que se encontrou o amor.

O mar não apaga mais o coração desenhado na areia. Está tudo gravado. No coração de quem agora, ama de verdade. Os nomes estão entrelaçados, feito os dedos de quem agora, sabe o que é amar.

Sem aflição, sem cautela. Agora é só saborear o amor, verdadeiro deleite. O caminho é certo, sem relevo. Incertas são as horas de alegria. Infinitas até. Que pare o relógio, o trem. Que pare a roda gigante da vida e seus giros incertos. Acabou o tempo de espera.

Enfim o amor chegou, com toda a sua bagagem. A eternidade veio no mesmo vagão. Parece que vieram pra ficar. A felicidade já fez seu convite. Tudo indica que aceitaram. Era só o que faltava. Mais nada.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS





Alessandra Piassarollo
Administradora por profissão, decidiu administrar a própria casa e o cuidado com suas duas filhas, frutos de um casamento feliz. Observadora do comportamento alheio, usa a escrita como forma de expressar as interpretações que faz do mundo à sua volta. Mantém acessa a esperança nas pessoas e em dias melhores, sempre!

COMENTÁRIOS