Quem se afeiçoa à ferida, nunca se cura

Vanelli Doratioto

Sabe quando você era criança e ficava cutucando o machucado e ele nunca sarava? Pois é, depois que crescemos, muitas vezes, fazemos o mesmo.

Veja bem, quem se afeiçoa à ferida nunca se cura. Quem se prende ao que traz sofrimento acaba sofrendo para sempre. A vida é feita de ciclos nos quais passamos sim por dores, no entanto, devemos passar e não ficar nelas.

Quem volta para a mesa onde o amor não está mais sendo servido, se alimenta de ingratidão. Quem visita àqueles que trancaram as portas, encontra indiferença. Quem se torna marionete das vontades dos que não se importam, acaba órfão de si.


Deixa a tua ferida sarar. Sem uma morosidade mórbida ou ansiedade louca para isso. O tempo é um ótimo remédio. Deixa ele agir. Deixa ele curar as dores.

É comum que nos afastemos de algumas situações e depois de um tempo, mais fortalecidos, decidamos voltar ao passado para acertar as coisas. Mas ao voltar, comumente, percebemos que por mais evoluídos que possamos estar, existe ali uma situação tóxica que, em momento algum, nem no passado, nem no presente, nem no futuro nos trará qualquer tipo de contentamento.


Algumas pessoas e situações não valem a pena. Alguns caminhos não levam à lugar algum. Nem todos sabem amar. Alguns vivem de fazer sangrar corações. Outros de menosprezar e entristecer. Alguns até mesmo sentem prazer em usar pessoas como se fossem coisas.

Deixa o tempo soprar tuas feridas! Levanta e segue em frente.

Mostre-se assim bonita e curada. Não adia a tua felicidade cutucando dores que te fazem lembrar de situações tristes e pessoas vazias de amor.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS


Vanelli Doratioto

“Palavras são mágicas, são como encantamentos sublimes que nos levam para onde quisermos, seja esse onde um lugar, um conceito ou uma pessoa”. (Vanelli Doratioto)
Minha Página no Facebook: (www.facebook.com/vanellidoratioto)
Meu instagram: (https://www.instagram.com/vanellidoratioto)


COMENTÁRIOS