Quando você menos esperar, tudo vai dar certo

Resiliência Humana

“E quando você menos espera, quando pensa que tudo está indo pelo caminho errado, que sua vida programada até o último detalhe vai à falência, de repente, o inesperado acontece …”
Federico Moccia

Quando você menos espera, encontra forças dentro de si, se levanta e decide viver e começar a vencer. Porque depois da tempestade sempre vem a bonança; não há exceções a essa regra.

Quando você menos espera, se encontra, começa a ser quem você quer ser, faz o que quer fazer, para de se preocupar em não decepcionar os outros e vai para onde realmente quer ir. E aí percebe que tudo vai dar certo.


A maior prisão está em sua mente

Eu aprendi que o mundo quer que você seja rápido para que chegue a tempo. Quer que você seja veloz para se lembrar apenas do som de seus passos, e é por isso que quando você se lembra de que não está indo a lugar nenhum, acelera.

Devemos entender que o mais importante não é correr através da vida, mas caminhar calmamente, aprender com cada situação, por pior que ela seja. Porque cada evento tem alguma coisa para nos ensinar.

Tudo vai dar certo

Todos sabemos que a vida é complicada, mas resistir ao “vai e vem” de nosso navio em alto mar é ainda mais complicado. No entanto, a verdade é que não há estradas intransitáveis, porque se tropeçarmos mil vezes, seremos obrigados a nos levantar mil e uma.

Um dia, de repente, começará a vencer as batalhas

“Cedo ou tarde, todas as peças acabam se encaixando. Enquanto isso não acontece, ria da confusão, viva o momento e compreenda que tudo acontece por uma razão”

Seja forte, resista e trabalhe para lutar sem medo, pois a dificuldade aumenta conforme você deixa de tentar. A vida é o que acontece hoje, não amanhã.

Dizem que o lado bom de chegar ao fundo do poço é que não podemos afundar mais, então tomamos impulso e subimos. A chave é olhar para cima com determinação, pisar firme e começar a subir.

Sempre podemos nos aventurar na parte mais funda da piscina, mesmo que ela não “dê pé”. Basta dar um impulso para chegar à superfície. Todos nós sabemos como fazer isto, é instinto de sobrevivência

“E de repente alguma coisa acontece, algo é acionado e, então, você sabe que as coisas vão mudar. E elas mudam. E a partir daí nada mais será o mesmo … NUNCA”
Três metros acima do céu

Sofremos mais do que o necessário por aquilo que não tem solução. Vivemos desejando estabilidade e a segurança, mas não nos damos conta de que nada é imutável: o construído cai, o amado deixa de amar, o possuído se perde…

Aceitar que as nossas vidas estão em constante movimento é a maneira mais fácil de ganharmos impulso e emergirmos para ver o sol. Magoamos os outros e eles nos magoaram, mas fomos capazes de curar essas feridas, fomos capazes de perdoar e fomos perdoados.

Tocar o fundo do poço nos dá muito medo, mas é importante que nos permitamos o colapso. A chave é não deixar o barco à deriva e não se conformar. O que é valioso é o que realmente conta, é onde colocamos o nosso coração.

Derrubar as maiores barreiras abre diante de nós um novo horizonte, e nos permite colocar outros óculos para contemplarmos a vida, enquanto continuamos subindo silenciosamente e deixando o abismo para trás.

Então, quando escutarmos o eco desesperado do vazio, a vida irá sussurrar e pedir que resistamos, pois seremos felizes e tudo vai dar certo; mas em primeiro lugar temos que ser fortes.

FONTEA Mente é Maravilhosa
COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS


Resiliência Humana
Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia

COMENTÁRIOS