Quando decidi que viajar era a solução

Resiliência Humana
Tourists Sightseeing City

No fim de 2015, me vi tomando uma grande decisão. Nada mais normal para alguém que sempre quis ser grande.

Após o término de um longo relacionamento cheguei a conclusão de que o que faltava para mim era algo que realmente me surpreendesse.

Há tempos que venho matutando sobre isso, sobre o quanto tudo está sendo previsível, comportamentos, situações, pessoas e até as notícias de todo santo dia.

Achei que tudo não passava de uma maluquice minha e que se eu focasse no momento presente (que eu achava que era tudo do que eu precisava) essa sensação me deixaria.


E então, durante esse período em que eu estava recolhendo os caquinhos do que restava de mim (lê-se estado de deprê total), um belo dia fuçando na net me deparei com um site de uma blogueira que, após um tragédia familiar muito grande, decidiu que estava pronta para descobrir o mundo, viajando.

Naqueles dois segundos aconteceu uma coisa louca, tive a sensação de estar durante anos num buraco escuro e profundo, escondida de tudo e todos, e de repente, tá tá!

Uma luz tomou conta do abismo e eu voltei a enxergar todas as enormes possibilidades e coisas que tinham a minha volta, mas que por algum motivo não existiam pra mim até aquele momento.


Daí foi um passo, comecei a pesquisar, elaborei o roteiro, montei uma planilha de gastos, mergulhei nos fóruns de discussão sobre viagens, blogs, revistas, enfim, tudo para realizar esse antigo sonho.

Quando me dei conta já tinha fechado o intercâmbio com a agência, pago a primeira parte da viagem e com data marcada de embarque para a Irlanda, primeira etapa do projeto. Sim, projeto, porque para alguém que só foi pra Florianópolis sozinha largar tudo por um intercâmbio com mochilão é sem dúvida um passo pra lá de enorme.

Ah sim, a ideia era fazer um mochilão… Simples assim… Mas como nada para mim é simples, resolvi fazer os dois! hahahaha

FONTEViver está na Moda
COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS


Resiliência Humana

Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia


COMENTÁRIOS