Projeto educacional em Alto Paraíso tem foco na sustentabilidade

A Cidade da Fraternidade, no município de Alto Paraíso, recebeu por quatro dias, de 25 a 28, o Encontro Jovem de Alto Paraíso, promovido pela Secretaria da Educação, Cultura e Esporte (Seduce). No Educandário Humberto de Campos, zona rural de Alto Paraíso, cerca de 130 estudantes de cinco escolas públicas municipais e estaduais e privadas participaram de várias atividades pedagógicas e culturais voltadas para a promoção da sustentabilidade.

A criação do Instituto de Pesquisa e Extensão em Arte, Educação e Sustentabilidade (Ipe Artes), que terá sua sede na cidade de Alto Paraíso, foi anunciada durante o evento. A instituição vai atender todo o território da Área de Proteção Ambiental Pouso Alto, que inclui também outros cinco municípios do entorno do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros.

O Ipe Artes vai oferecer, no próximo ano, ações de formação inicial e continuada e cursos em diversas modalidades nos eixos: Arte/Educação, Sustentabilidade, Cultura de Paz e Educação para a Diversidade. O objetivo das ações educativas do Instituto é favorecer o protagonismo e autonomia da comunidade local por meio do desenvolvimento da sensibilidade crítico-criativa e do empreendedorismo social. A missão do instituto é transformar o território, por meio de parcerias com diversas instituições atuantes na região, em Cidades Educadoras e Comunidades de Aprendizagem, que possam servir, posteriormente, de modelos a serem irradiados para outras localidades.

O Encontro
O Enjap é um evento organizado pela Seduce no âmbito da implantação dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU). Com grande expectativa da comunidade local, o município de Alto Paraíso, escolhido para ser piloto do programa, deverá se tornar referência de sustentabilidade no País. O compromisso foi firmado pelo governo estadual, e conta com o apoio técnico da prefeitura local e de organizações da sociedade civil representadas pela Associação Awaken Love.

Na abertura do Encontro, a secretária Raquel Teixeira sublinhou seu compromisso com futuro dos estudantes e com a educação que transforma vidas e sela o futuro do País. “Desde o início da nossa gestão, elegemos excelência e a equidade como nossas metas na educação pública, na cultura e no esporte. Viver bem, em paz com nosso tempo e com as futuras gerações são as motivações de nosso trabalho. Queremos que as pessoas se realizem em todos os aspectos de suas vidas, econômicos, ambientais e sociais”, disse a titular da Seduce.

Vivências
Ao longo da programação, os jovens vivenciaram experiências voltadas para o desenvolvimento da criatividade e para a promoção da sustentabilidade. A programação incluiu 20 vivências pedagógicas e atividades culturais variadas. Cinema, sarau, apresentações musicais, festa e ações na Praça da Juventude, onde foram realizadas sessões de relaxamento e atendimentos à saúde, fizeram a alegria dos estudantes. Todas essas atividades estão ligadas ao tema da primeira edição do Encontro: Construindo a Escola do Bem Viver.

Fizeram parte da programação pedagógica vivências voltadas a gestão de resíduos sólidos, medicina do Cerrado, agroecologia, bioconstrução, trilha ecológica, arte decorativa sustentável, energia e alimentação vitalizante. Nas oficinas culturais, os estudantes viveram experiências com grafite, percussão corporal, canto, dança regional, fotografia, rádio, teve e jornal, além das práticas musicais em conjunto.

Todo o evento foi coordenado pelo Centro de Estudo e Pesquisa Ciranda da Arte da Seduce, sob a liderança da professora Luz Marina de Alcântara. Participaram do Encontro, a superintendente do Ensino Fundamental da Seduce, Marcia Antunes; a superintendente de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, da Secima, Jaqueline Vieira, e a subsecretaria regional de Planaltina, Rozilda Augustinho, entre outras autoridades.

VIAGoias Agora
COMPARTILHAR
Amigo Verde
Talvez o Hoje, seja o Amanhã que você tanto Procura.



COMENTÁRIOS