PALAVRAS SE PERDEM AO VENTO, ATITUDES SE ETERNIZAM NO CORAÇÃO

De que adianta dizer eu te amo sem demonstrar carinho, bradar contra a corrupção e subornar o guarda, falar para o filho não beber enquanto segura uma lata de cerveja, palestrar sobre empreendedorismo e ser um chefe autoritário, postar frases lindas sobre amizade enquanto não procura amigo nenhum?

É muito fácil falar e escrever de maneira bonita e pomposa, sobre os mais diversos assuntos, com as palavras certas que todos queremos ouvir. Difícil é viver de fato aquilo que se prega, com coerência, harmonizando a fala com as atitudes diárias, sendo alguém que pratica as ideias que verbaliza aos ouvintes, alguém que não aja na contramão daquilo que discursa a quem quiser ouvir.

Como se diz, as palavras podem até convencer por um tempo, mas são os exemplos que arrastam e demonstram aquilo que somos de verdade. O papel aceita tudo, a fala se constrói de acordo com o que queremos, porém, nosso comportamento não obedece ao que não se sustenta e, mais cedo ou mais tarde, nossas ações seguem o ritmo do que temos dentro nós.

Por mais que tentemos viver o que não condiz com nossas crenças, com nossas verdades, será inevitável termos que caminhar de acordo com nossa essência, uma vez que ninguém consegue sustentar por muito tempo aquilo em que nem ele próprio acredita. Temos uma necessidade instintiva de nos lançar ao encontro daquilo que norteia o nosso viver; a isso ninguém foge.

De que adianta dizer eu te amo sem demonstrar carinho, bradar contra a corrupção e subornar o guarda, falar para o filho não beber enquanto segura uma lata de cerveja, palestrar sobre empreendedorismo e ser um chefe autoritário, postar frases lindas sobre amizade enquanto não procura amigo nenhum? Atitudes como essas não serão capazes de convencer a ninguém, nem a si próprio.

Por mais que seja difícil, é preciso viver o que se diz, andando ao ritmo dos discursos que lançamos, compassadamente, sem que o outro ache que nada do que existe em nós é real, para que nós mesmos possamos respirar aliviados por sermos alguém verdadeiro. Quando transparecemos sinceridade, acabamos nos aproximando das pessoas certas, com honestidade e segurança.

Mais importante que dizer é demonstrar, vivendo o que se é de verdade. Palavras podem até iludir por um tempo, mas serão nossas atitudes que marcarão a vida de quem amamos e nos ama com sinceridade. Não poderemos agradar a todos, tampouco concordar sempre com as opiniões alheias, no entanto, pautarmos nossas vidas pelas convicções e pelos valores que temos e por aquilo em que acreditamos nos tornará alguém confiável e com mais chances de ser feliz.

COMPARTILHAR
Prof. Marcel Camargo
Graduado em Letras e Mestre em "História, Filosofia e Educação" pela Unicamp/SP, atua como Supervisor de Ensino e como Professor Universitário e de Educação Básica. É apaixonado por leituras, filmes, músicas, chocolate e pela família.



COMENTÁRIOS