OBRIGADA POR TUDO, AMIGA!

Iandê Albuquerque

Obrigada por me ouvir tantas vezes, tantas noites.

Obrigada por me atender quando milhares de vezes eu te liguei pra te contar mais uma decepção pra minha coleção, e você sempre estava ali pra me apoiar e dizer que iria ficar tudo bem.

Cê sempre tão otimista. Obrigada por acreditar em mim quando eu duvidei de mim mesma.

Obrigada também por me aturar todas as vezes que bebi demais, passei do ponto, e chorei e chorei e chorei.

Obrigada por ter segurado o meu cabelo quando fui vomitar e por ficar na porta do banheiro esperando eu voltar.

Obrigada por dizer que iria ficar tudo bem, por me fazer acreditar que uma hora tudo de ruim passaria e obrigada também por ficar do meu lado não só quando eu estava bem, mas principalmente quando eu estive mal.

Obrigada por todas as vezes que você me fez rir com aquelas piadas sem graça que você fez pra me fazer esquecer o pior, eu sempre ria enquanto as lágrimas escorriam pelo rosto.

Obrigada também por todas as frases que você me disse até aqui: ”Ele não te merece, amiga”, ”Você merece muito mais”, ”Ele era um idiota”, ”Eu avisei”, ”Veste uma roupa e vamos sair agora!”

Obrigada por todas as madrugadas que você me ouviu, por chegar naquele menino da outra mesa no bar por mim. Por me chamar pra sair e mais que isso, quando eu dizia que estava sem roupa, cê me emprestava só pra eu sair com você.

 

Obrigada por me aturar porque nem sempre foi fácil, cê conhece bem o meu signo.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS





Iandê Albuquerque
Sou recifense, 24 anos, apaixonado por cafés, seriados e filmes, mas amo cervejas e novelas se houver um bom motivo pra isso. Além de escrever em meu blog pessoal e por aqui, escrevo também no blog da Isabela Freitas, sou colunista do Superela e lancei o meu primeiro livro em Novembro de 2014 pela Editora Penalux. .

COMENTÁRIOS