O que é a Constelação Familiar?

Resiliência Humana

Como é Realizada a Constelação Familiar.

 
Através do trabalho das Constelações podemos entender como as ações e destinos de nossos antepassados podem influenciar a nossa vida atual causando problemas de saúde, dificuldades financeiras, conflitos em nossos relacionamentos familiares, afetivos e nas relações profissionais entre outras coisas. A Dinâmica da Constelação pode ocorrer em uma vivência em grupo ou através de um atendimento individual.
 

O que é a Constelação Familiar?

Alguns dizem que a Constelação é uma nova abordagem terapêutica, eu uso a constelação como mais uma ferramenta para ajudar no processo de cura integral.
Foi Bert Hellinger quem desenvolveu esse trabalho e ele descobriu que parte dos problemas que enfrentamos se devem a fatos que aconteceram com outros membros de nossas famílias e não só a eventos da nossa própria história.
Ocorre que todos os membros de uma família estão ligados por profundos laços de amor e lealdade. Movidos pela esperança de diminuir o sofrimento do outro, trazemos situações conflitivas para nossas próprias vidas como uma forma de compensação, sem sequer nos darmos conta desta dinâmica, que acontece de maneira absolutamente inconsciente.
 
Os padrões que afetam certos membros das nossas famílias podem ser revelados e resolvidos através das Constelações, tornando-se visíveis as dinâmicas, até então ocultas, que atuam através das gerações.
 
A Constelação vem ajudar nas questões mais difíceis e repetitivas, que são os padrões que passam de geração para geração. Relacionamentos, desequilíbrios emocionais, separações, dificuldades profissionais, adoção, doenças crônicas, envolvimento com drogas, mortes precoces, em tudo que vem se repetindo através das gerações de uma forma geral.
 
Por exemplo: No caso de separação, percebemos que quando isso ocorre é necessário que a pessoa olhe para sua família de origem, caso contrário a repetição da separação continuará. Em casos de pessoas já separadas faz parte da constelação o ex-companheiro, pois o relacionamento atual só existe porque houve um sacrifício, através do rompimento com o relacionamento anterior. Então a relação anterior deve ser entendida e valorizada para que não ocorra um conflito na atual relação, ou numa relação posterior.
 

Como é realizada a Constelação?

A Dinâmica da Constelação é realizada com o auxílio de representantes. Uma pessoa vai constelar (trabalhar o seu “problema”) e ela escolhe dentro do grupo membros que vão representar sua família ou a sua questão. Por exemplo, num conflito entre pai e filho, o cliente escolhe uma pessoa para representar ele próprio e uma outra pessoa para representar o seu pai. Essas pessoas assumiriam uma postura dentro do campo da constelação, onde a partir de então o importante é apenas cada um sentir qual a necessidade daquele a quem está representando, respeitar e colocar as “ordens do amor”, (explicação logo abaixo) para que ambos se sintam livres e vivam em harmonia.
 
Continuando com o exemplo, os representantes serão posicionados no espaço da sala de acordo com a imagem que ela (a pessoa constelada) tem dentro de si, daquela situação. Deixando que o seu coração coloque a posição que cada um está se relacionando com o outro. A partir desse momento começa a constelação e cada pessoa está dentro do campo mórfico daquele membro da família.
 
Mais um exemplo: Se qualquer membro da família tiver sido excluído da vida daquelas pessoas, (aqueles conhecidos como ovelhas negras da família), qualquer outro membro da família pode se identificar com o excluído e manifestar os mesmos comportamentos e sentimentos dele. Isso acontece por causa da força do sistema familiar, que busca uma forma de compensar o que lhe falta. E para que o sistema fique em equilíbrio, ele determina “ordens” e quando elas são desrespeitadas o conflito aparece e assim um descendente vai trazer à tona o sentimento e o comportamento daquele que foi excluído.
 
No caso de uma Constelação Organizacional o que poderá ser constelado a princípio, são os departamentos, produtos, sociedades, cargos, a própria empresa como matriz e filiais, etc.
 
Por exemplo, um departamento formado no início de uma empresa, tem prioridade sobre aquele que foi montado posteriormente, caso contrário poderá resultar em prejuízo de alguma forma. Funciona da mesma forma, será colocado representantes para os departamentos e deve-se seguir a mesma orientação das “ordens do amor”, verificando a dinâmica e fazendo as intervenções necessárias para o encaminhamento da solução.
 
As “Ordens do Amor” dentro do sistema são três e são elas que sustentam o equilíbrio no sistema familiar. São elas:
 
• A Pertinência ou Pertencimento – todos tem direito a pertenceer ao sistema, pai, mãe, filhos legítimos e ilegítimos, tios, avós, bisavôs, parceiros anteriores, um doador de órgão, no caso de um acidente uma pessoa que tenha morrido, etc.
 
• O Dar e Receber – onde deve existir um equilíbrio entre as partes, em dar e receber. O dar e receber equilibrado leva ao desejo de dar mais espontaneamente e receber com gratidão.
 
• A Hierarquia, que define uma ordem familiar que precisa ser respeitada. Algo dá errado quando as crianças sentem que elas têm que cuidar dos seus pais ou quando um avô é colocado no papel do pai, ou ainda um filho é tratado como irmão. Quando o senso de ordem é reestabelecido, há um novo sentimento de segurança do conhecimento de qual é o seu lugar na família e o “problema” vai sendo direcionada para uma solução.

O que posso trabalhar dentro da Constelação Sistêmica Familiar e Organizacional?

 
• Conflitos familiares (pais, filhos, irmãos, tios, avôs);
• Conflitos entre casais;
• Dificuldade em lidar com perdas de parentes, pessoas queridas ou companheiros;
• Dificuldade em relacionar-se de uma forma geral;
• Dificuldade em comunicar-se;
• Problemas de saúde;
• Conflitos entre sócios, funcionários e clientes;
• Problemas financeiros;
• Entre outros temas.
 

Resumindo

O trabalho de constelação sistêmica familiar e organizacional tanto de forma Individual como no Grupo de Terapia dá a oportunidade de entrar em contato com aquilo que atua em nosso sistema social e em nós de forma inconsciente, permitindo assim que venham à consciência possíveis vínculos e identificações que ainda atuam em nossa vida. É um trabalho onde você pode participar trazendo o próprio tema para ser trabalhado ou participar como representante do sistema de alguma outra pessoa. Nas duas formas, conteúdos teus serão acessados e transformados, favorescendo um caminhar pela vida com mais tranquilidade e serenidade.
 

Reflexão:

“Quando alguém para no caminho, e não quer avançar, o problema não está no saber. Ele busca segurança quando é preciso coragem, e quer liberdade quando o certo não lhe deixa escolha. Assim, fica dando voltas.” – Bert Hellinger

Caso tenha mais interesse sobre Constelação Familiar, Educação Sistêmica ou Direito Sistêmico individual ou em grupo nos mande um email: [email protected] ou chame pelo WhatsApp 11-992950242.
COMPARTILHAR


RECOMENDAMOS


Resiliência Humana
Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia

COMENTÁRIOS