O PODER EM NÓS

Quando se deitam muitos fazem uma oração, tantos outros gostam de ler. Há os que fazem planos para o próximo dia ou ainda os que desmaiam de sono.

Eu particularmente gosto de exercitar o dom dos bons pensamentos.

O pensamento vibra alto e vai longe. Ele atravessa cidades, estados, países, mares e continentes.

Através da imaginação podemos idealizar o som das folhas rodopiando em um chão de pedra, o canto dos pássaros, a cor das portas de madeira, o cheiro da lenha queimando e abrigar os que amamos confortavelmente em nós.

Em pensamento podemos conversar com profundidade, ditar palavras esquecidas, sussurrar confidências que não foram trocadas, reencontrar os que nunca voltaram ou ouvir aqueles que perderam a voz.

O que você diria para aquela pessoa se pudesse voltar atrás? O que faria se ela estivesse em sua frente? Você seria consolado ou consolaria? Como seria se você reencontrasse todos os que se apagaram no tempo?

Um ótimo exemplo está lindamente retratado na cena do filme “Comer, Rezar, Amar” na qual Liz, a personagem interpretada por Julia Roberts, depois de alcançar uma compreensão profunda sobre si, relembra o dia de seu casamento. Na ocasião o noivo ignorou a música do casal e colocou uma só para ele, dando assim um show de exibicionismo. Liz tem então uma visão mental do que poderia ter sido e passa a vislumbrar o ex-marido. A música certa começa a tocar e eles finalmente conversam carinhosamente e com sinceridade sobre seus sentimentos.

Um bom diálogo mental, sincero e verdadeiro, pode melhorar as nossas vidas e tocar a daqueles em quem pensamos. Através do pensamento vibramos resolução, compreensão e amor.

Em pensamento podemos alcançar os porquês incompreendidos, admitir o que sentimos, ouvir atentos o que o outro tem a nos dizer ou pura e simplesmente desejar o melhor em um exercício mental que incita o autoconhecimento.

Em outra cena de “Comer, Rezar, Amar” Liz dá como presente de casamento à jovem Tulsi um pensamento feliz e harmônico acerca dela e do noivo que lhe foi arranjado. A moça estava triste com a união e Liz diz que a mentalizou sorridente e plena junto do futuro marido. A jovem indiana fica tocada pela crença em si e em sua felicidade.

Que presente mágico esse não?

Falando de uma forma mais científica, creio que os experimentos do pesquisador japonês Masaru Emoto, falecido em 2014, foram bem intencionados ao estudar como a força do pensamento pode interferir na matéria.

De acordo com ele as estruturas moleculares da água se modificam quando recebem vibrações de palavras, sentimentos, músicas e até imagens, se tornando harmônicas e belas ao serem expostas a pensamentos e palavras boas e disformes e não harmônicas ao serem expostas a sentimentos e expressões ruins.

Emoto realizou inúmeras experiências, dentre as quais a de colar rótulos em garrafas de água com nomes de sentimentos ou expressões. Depois, ele pediu que alunos olhassem para as garrafas e proferissem as palavras escritas nos rótulos. Essas palavras eram por exemplo “Muito Obrigado” e “Eu te odeio”. Como resultado apenas as moléculas de água da garrafa “Muito Obrigado” originaram cristais cheios de beleza.

Quando adultos somos compostos em nossa essência por quase 70% de água, dessa forma não é difícil imaginar que o poder do pensamento pode gerar em nós modificações tão significativas quanto as apresentadas nas moléculas de água congelada fotografadas pelo pesquisador.

Presenteie a si e aos que ama com o melhor que sua imaginação pode criar. Diariamente.

Ame. O amor emana, transcende e no pensamento cria asas e voa alto. Dê aos que lhe são queridos esse presente mágico. Pense neles em um cenário encantador. Um lugar que seria exatamente onde gostariam de estar. Abrace em pensamento. Parabenize em pensamento. Visualize o semblante feliz dos que te cercam.

Tudo que toca o plano da imaginação encontra um campo próspero para se concretizar na realidade.

Não nos cabe mais desculpas como “Não tenho nada para te dar, pois você já tem tudo” ou “Eu estou quebrado, não posso te dar nada”. Alguns minutos de olhos fechados e pensamentos belos podem fazer a diferença. E esse presente, dinheiro algum consegue comprar.

Todos podemos muito, basta que acreditemos e pensemos nisso.

A propósito, você já sabe o que vai pensar hoje antes de se entregar ao sono?

Acompanhe a autora no Facebook em Vanelli Doratioto – Alcova Moderna.

COMPARTILHAR
Vanelli Doratioto
“Palavras são mágicas, são como encantamentos sublimes que nos levam para onde quisermos, seja esse onde um lugar, um conceito ou uma pessoa”. (Vanelli Doratioto) Minha Página no Facebook: (www.facebook.com/vanellidoratioto) Meu instagram: (https://www.instagram.com/vanellidoratioto)



COMENTÁRIOS