O AMOR POR INTERESSE NÃO É AMOR…

Precisamos amar as pessoas de forma natural, amar por amar e não por interesse. O que mais encontramos hoje em dia, são amores de palavras e poucas atitudes. Amar significa querer estar junto mesmo conhecendo os defeitos do outro, mesmo sabendo que a pessoa é complicada… Amar é querer cuidar sem medir esforços, é estar sempre ali nos momentos tristes e suportar a mesma dor juntos.

O amor por interesse não é amor, ele acaba na medida que o outro descobre seus problemas seus defeitos e sua pouca capacidade financeira. E descobrimos que quem realmente nos ama, só basta a presença e um abraço sincero numa noite fria de lua cheia.

Uma das piores coisas no ser humano é a hipocrisia. Pobre de amor é a pessoa que precisa comprar carro do ano, vestir as roupas mais caras e relógios de marca para poder conquistar alguém. Ser realista e ser humilde é ser melhor contigo mesmo, ser simples e ser quem você realmente é só trás paz para o seu coração e amores que duram por longos anos.

“Quem usa a hipocrisia no amor é um eterno bobo sentimental, vive de aparência e não consegue ser feliz de verdade, com verdade e para sempre…”

Por isso, não mude quem você é para agradar alguém. Se o amor for seu a pessoa vai te querer do jeitinho que você é sem que você precise mudar para poder agradar. Quem ama de verdade não ver bens materiais como prioridade, até porque o amor verdadeiro existe. E se você quiser impressionar querendo ser algo melhor mude apenas suas atitudes, procure ser uma pessoa melhor para o seu eco e não para mostrar o que você nunca foi ou nunca pôde ser.

COMPARTILHAR


Eduardo Marques
Escritor, analista de sistemas, 21 Anos, Nasceu em Santo André-SP e mora em Poções na Bahia.

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS