Nem todos vão te fazer feliz, mas se somente uma pessoa fizer sua alma sorrir, viver já valeu a pena.

Wandy Luz

Sabe essa porta entreaberta atrás de você?

É hora de fecha-la e ir embora, sem olhar para trás.

Não é orgulho, é uma questão simples de amor próprio e dignidade sempre.

Isso não quer dizer que estou pregando o desapego, porque não sou a favor daqueles que acham ser errado se entregar, acredito que aqueles que advogam em favor de não se apegar, são covardes que tem medo de amar e ser amado.

Pessoas fracas se escondem atrás de seus muros, tem medo de olhar a vida nos olhos, tem medo de ser vulnerável, mas acima de tudo tem medo de sentir.

Sentir às vezes é bom e outras vezes nem tanto.

Mas sentir é o sopro da vida que corre nas suas veias e pulsa no seu peito, só sente quem está vivo e viver requer coragem para entender que a Felicidade sempre chega, mas que a tristeza faz parte da jornada também.

Nem todos vão te fazer feliz, mas se somente uma pessoa fizer sua alma sorrir, viver já valeu a pena.

E para viver o melhor que a vida tem para nos oferecer, precisamos cooperar com o Universo. Ele nos indica o caminho, mas precisamos caminhar com as próprias pernas. Temos uma imensidão de caminhos para escolher.

Podemos ir sempre na direção que quisermos, podemos ser tudo ou nada.

Podemos amar com tudo o que temos e experimentar a verdadeira e única mágica, que nos transporta para outras dimensões, que nos leva ao céu e mostra uma prévia do paraíso, podemos sentir o amor, vivê-lo, mas melhor do que isso é poder dar amor.

O amor alimenta almas famintas, o amor transcende espíritos tristes, e preenche qualquer vazio, então se apegue sim, não tenha medo de errar, erros podem ser remediados, tenha medo é de passar sua vida com tanto medo de se apegar que quando perceber já não há mais tempo para nada.

Então quando encontrar a porta aberta entre, mas quando achar que é hora de ir embora, não deixe portas entreabertas.

Novos ciclos se iniciam, quando velhos ciclos são encerrados.

Feche a porta, vire a página, e tente de novo, quantas vezes for necessário, vire todas as páginas que se encerrarem, e se embriague no cheiro do recomeço que cada nova página em branco traz.

Se apegue, mas não seja bobo.

Ame a quem mereça seu amor. Valorize quem te dá amor.

Segundas chances são importantes, mas a terceira pode ser fatal.

COMPARTILHAR


RECOMENDAMOS


Wandy Luz
Jornalista, colunista, filha do Universo e amante da liberdade. Um ser humano que se encanta a cada dia mais com os mistérios da vida e suas dimensões. Escrever pra mim é desejar e eu desejo que seu espirito seja livre e a alma plena. Que o sonhar traga esperança e que a dor traga entendimento. Em minha jornada fiz como missão questionar e explorar os mistérios desse segredo que e viver.

COMENTÁRIOS