Nascemos para ser reais e não perfeitos.

Resiliência Humana

Somos reais, não perfeitos!

Na maioria das vezes, eu sou aquela amiga que mais ouve do que fala, e nessa de ombro amigo, ouço muitas histórias sobre ser ou ter alguém perfeito ao seu lado. Como alguém que já se envolveu bastante, que foi do céu ao inferno, posso dizer com convicção que perfeição não existe.

Criamos a ideia errônea na nossa mente que perfeição existe, traçamos uma meta ou característica para tal coisa, e quando o alcançamos não achamos o suficiente, então, transformamos aquilo em superior, algo que vai além, a perfeição. Acredito que isso seja algo vicioso, e que não tem um fim. Por isso, pare!

Tentar ser perfeito ou encontrar alguém perfeito só te faz ficar parado no mesmo lugar, e ainda assim, sofrendo várias e várias decepções, uma atrás da outra.

Por exemplo, quando se trata de um amor, um romance, um parceiro, – eu já fiz muito isso –  fico imaginando mil coisas e dou a ele milhares de características. Sei que é inevitável, que mulher pensa em tudo, como diz aquela música do Luan Santana “eu, você, dois filhos e um cachorro”, e no final, torce para não ter que acabar como a música da Simone e Simaria “mas dessa casa eu só vou levar, meu violão e o nosso cachorro”.

Não tem jeito, criar expectativa é algo natural, o que não pode acontecer é que isso seja mais forte que você e interfira de forma brusca na sua vida. Muitas vezes sai com caras que eram maravilhosos, mas por algo bobo, como não ser o que eu imaginava, não fisicamente ou emocionalmente, mas tinha algo que ali parecia faltar.

Mas claro que nisso tudo também temos que levar em consideração a tal da química, sem ela não dá para dar um passo. Mas não era questão de química, o cara ali tinha algo faltando, uma perfeição a qual nem eu mesma sabia o que era que faltava, e então, eu o dispensei, sim, após uma saída. Por diversas vezes me senti horrível, mas não podia forçar-me a fazer algo para agradar o outro.

Existe também o caso onde nós queremos ser perfeitos para o outro, e mais uma vez repito que isso não existe. Somos seres humanos errando na tentativa de acertar e isso vai acontecer várias vezes. Tudo porque isso é o que nos faz crescer e evoluir, ser alguém melhor, não só para os demais como também para nós mesmos.

Por isso, pare de se cobrar tanto em ser perfeito ou encontrar alguém perfeito. Permita-se cometer erros, ultrapasse essa barreira de perfeição e vá viver um dia de cada vez.

Somos reais, não perfeitos!

Você vai encontrar alguém que te amará do jeitinho que você é,  encontrará  alguém tão imperfeito quanto você e ambos irão complementar-se.

 

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS


Resiliência Humana
Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia

COMENTÁRIOS