Não procure aparência, procure um coração

Aline Felix

É muito fácil a gente gostar de alguém logo de cara pela aparência. Afinal de contas, é o tal do cartão de visita, mas não é algo que deve ser traçado como definição de caráter.

Aparência não diz se você é ou não uma boa pessoa, se você trata bem os demais ao seu redor, se será um bom marido, namorado ou um filho.

Beleza é também um conceito bem relativo, por isso, não procure alguém bonito, alguém que você possa esfregar na cara das suas amigas dizendo que é um Deus grego que foi buscar na Grécia ou seja lá onde for.

É tão difícil hoje em dia encontrar um bom coração, uma pessoa que seja sincera, que não tem a intenção de amassar seu coração como uma bolinha de papel e descartá-lo. Está muito difícil.

Nessa minha trajetória de vida amorosa, digamos que, desde os meus 18 anos, venho aprendendo muitas coisas. Mudei tanto de opinião que pareço uma pessoa sem nenhum pingo de credibilidade, mas não me importo. Acredito que a evolução do ser humano está nessa mudança de opinião, em poder ouvir e aprender. Não se prender a um conceito preconceito ou ultrapassado. Temos sim que evoluir e crescer com nossos erros.

Tive relacionamentos com homens lindos, que minhas amigas invejavam, mas ele não era uma boa pessoa. Não era educado, bem-humorado, simpático e feliz. Pelo contrário, reclamava de tudo e todos e por fim era grosseiro. Aparência nenhuma maquia caráter.

Os namorados considerados horríveis por minhas amigas foram os que mais me fizeram feliz. Por suas atitudes muitas vezes honestas, o modo como tratava o garçom, manobrista e até mesmo atendente de telemarketing. Essas coisas ganham meu coração.

Depois de passar por essas duas experiências eu passei a procurar por corações e não aparência.

O que adianta um homem lindíssimo que te despreza e maltrata? É só para mostrar aos demais um rosto bonito e fazer inveja? Adianto que o caráter é muito mais bonito que a aparência.

O rosto bonito vai envelhecer e o caráter é o que permanece. Lembrando que nem todo homem bonito tem um caráter feio e nem todo homem feio é um amor de pessoa. Sem generalizações, esta é apenas uma lição que a vida me ensinou.

Por isso, não se prenda a aparência, mas ao coração, ao interior de alguém.

Lá dentro é que mora a verdade, o verdadeiro eu de alguém e é isso que tem de ser levado em consideração e não a aparência, ok?

A vida é um equilíbrio.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS


Aline Felix

Nascida em 1989, na cidade de São Paulo é formada em jornalismo pelas Faculdades Integradas Rio Branco. Blogueira e metida a escritora é apaixonada por prosas, crônicas e contos. Seus sentimentos e pensamentos ela expressa em seu blog “pelos olhos da cidade”. Dedicada, esforçada, exageradamente dramática e otimista, procura ver a vida de uma forma simplista. É uma antítese incessante.


COMENTÁRIOS