Não permita que usem suas melhores qualidades contra você

Prof. Marcel Camargo

Não deixe que usem a liberdade de que você desfruta para dizerem que você é promíscuo. Não leve em conta quem usa o bom humor que você irradia para falar que você é imaturo. Não dê ouvidos a quem julga o amor próprio que você vive como egoísmo. Não permita que usem a autenticidade que faz parte de sua essência para afirmarem que você é louco.


Há muitas pessoas maldosas, por aí, infelizes e insatisfeitas consigo mesmas, incapazes de olharem para si e se responsabilizarem pela parte que lhes cabe na miséria emocional em que se encontram. Pelo contrário, culpam a todos e a tudo lá de fora pelas tempestades que caem sobre suas cabeças e que elas próprias criaram. Portanto, não permita que distorçam o que você tem de melhor, pois é esse golpe baixo que costumam usar para se sentirem melhor.

Não leve em conta quem usa o bom humor que você irradia para falar que você é imaturo. Existem pessoas que não conseguem ser felizes, não veem graça na vida, uma vez que são insatisfeitas com aquilo que enxergam no espelho. Assim, tentarão, a todo custo, neutralizar qualquer traço de felicidade por onde andarem. Não suportarão a felicidade alheia, simplesmente porque não sorriem nunca com verdade.

Não deixe que usem a liberdade de que você desfruta para dizerem que você é promíscuo. Muita gente não consegue ser amada porque não sabe como ofertar amor. E quem não tem amor dentro de si jamais será capaz de atrair esse sentimento para sua vida. Não acreditam em nada que seja recoberto de afeto sincero e não suportam ver ninguém experenciar o amor, não aceitando pessoas livres para se relacionarem com quem bem entenderem, pelo tempo que for, da forma que convier.


Não dê ouvidos a quem julga o amor próprio que você vive como egoísmo. Tem gente que aceita qualquer coisa, qualquer um, pois não se valoriza o suficiente para selecionar o tipo de amizade, de amor, de trabalho que aceita pelo que merece. Muitas pessoas não conseguem ser recíprocas, só querem receber e receber, sem ao menos demonstrarem um mínimo de gratidão. Irão cobrar cada vez mais, porque de dentro delas nada sai nem nunca sairá.

Não permita que usem a autenticidade que faz parte de sua essência para afirmarem que você é louco. Há pessoas que vivem uma vida comedida, sufocadas pelos próprios medos, pois temem abrir os portões da zona de conforto com que se acostumaram, embora não se sintam bem. Não conseguirão aceitar quem ousa, quem se lança, quem vai além daquilo que é convencionalmente estabelecido.

Não, você não é imaturo, promíscuo, egoísta, nem louco. Você apenas vive de acordo com a dimensão de sua essência ilimitada. Você somente respira com tranquilidade e dorme com a consciência leve, pois não se permite sobreviver penosamente através de atuações teatrais, de sorrisos forçados, de amores pela metade. Você só é gente de verdade e isso nunca ninguém conseguirá tirar de dentro de seu coração.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS


Prof. Marcel Camargo
Graduado em Letras e Mestre em "História, Filosofia e Educação" pela Unicamp/SP, atua como Supervisor de Ensino e como Professor Universitário e de Educação Básica. É apaixonado por leituras, filmes, músicas, chocolate e pela família.

COMENTÁRIOS