Moça, deixe ele ir!

Gabi Barboza

Eu te entendo, você esperava mais. Só que se ele não quis, deixe ele ir. Se você amar, cuidar, se preocupar e for parceira sozinha, não compensa. Entende que isso é a tal da solidão a dois, que tanto falam? Não adianta ser carinhosa com ele.

Se ele não quer, desiste. Tão pouco adianta ser presente na vida dele. Amor é quando ambos querem, ambos se cuidam, ambos buscam o sorriso do outro. E nisso que vocês tinham, o amor existia de apenas um lado: o seu. Ele não teve coragem de te dar um fora.

Você fica remoendo tudo e lembrando o lado bom do que vocês tiveram. Ele deveria ser maduro o suficiente pra te dar um fora. E você vê isso como “fofice”, “cuidado”, “gentileza”. Ele foi conquistador, pois, se te desse um fora, você iria deletar ele da sua vida. Ele sempre foi isso: um mero conquistador.

Diz que não fica com ninguém, diz que prefere ficar sozinho. Usa a famosa frase “não estou pronto para ter algo sério agora”. E não faz o mais fácil: te dar um fora. É sério moça, deixe ele ir.

Não permita que seus sentimentos façam dele o que ele não é. Não se iluda a ponto de achar que ele cuidava de você. O que ele te oferecia, eram migalhas. E você fica pensando, rezando e até mendigando – é, tô sabendo! Anda fazendo mil e uma mandingas! – pra que ele te procure. Pra que ele cruze o seu caminho.

Já fantasia um encontro na rua, “do nada”. Já pensa no abraço dele, imagina aquele beijo no rosto que virava na boca. Moça… Ele não vai cruzar o seu caminho. Ele tira o seu sossego, não quer estar com você. Para com isso, por favor! Você merece ser amada de verdade.

E o cara que se interessar por você, vai dar sinais disso. Não será preciso rezas, mandingas, pensamentos positivos. Sabe por quê? É porque ele vai te procurar, vai dizer o quanto você é especial na vida dele. Deixar bem claro que quer estar ao seu lado.

Entende a diferença disso? Vai existir reciprocidade, moça. Será algo natural. Esse que você precisa correr atrás, deixe ele ir. Não pense nele.

Delete as fotos, os e-mails, os prints de whats. Eu sei… Você tem tudo isso guardado pra ler o quanto ele foi “fofo” em algumas poucas vezes. Apaga tudo, por favor! Não fique se maltratando com isso.

Ele será o eterno lobo solitário, da vidinha preta e branca que criou pra si. E você, querendo colorir a vida dele. Querendo fazer bem a ele. Ele não quer.

E acredite, não é que você não seja linda, não seja atraente. Ele não quer você por motivos próprios. Sei que você tenta entender o porquê disso. Não gaste seu tempo com isso.

Deixe ele ir, moça. Cuide de si, pense em você. Não pense mais nele, nem ouça as mesmas músicas de quando estava com ele. Isso só piora tudo. Traz de volta as lembranças, provoca ilusões.

A gente precisa aprender a perder também. Algumas guerras são mais belas se perdidas e essa, é uma delas. Não vale à pena moça, insistir tanto em um “amor”. É sério: por você, pela sua sanidade mental, deixe ele ir.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS





Gabi Barboza
É graduanda em Psicologia, tem 32 anos. Como o que faz o mundo dela girar, são as pessoas, trabalha com Recursos Humanos. É mineira, bem casada com um Gaúcho lindo. Mora em Porto Alegre desde 2012. Está sempre lendo e ama escrever. Se sente rica, por ter vários livros em uma estante que é o seu tesouro. Ama se engajar em causas sociais, crê que a única coisa que levamos desse mundo, é o que plantamos. E que as boas obras, são fundamentais.

COMENTÁRIOS