Meu corpo, minhas regras: você sabe dizer não na hora do sexo?

Iara Fonseca

A situação não é das mais fáceis, mas não podemos fugir e não devemos nos acovardar.

Muitas vezes as brigas entre os casais ocorrem porque os dois não estão na mesma sintonia.

Ele quer e ela não quer, ou vice e versa.

Muitas mulheres se culpam quando não estão com vontade e tendem a fazer sexo coagidas, por medo de uma crise conjugal.

Mas hei de revelar para vocês homens e para vocês mulheres que a falta de apetite sexual por um, dois, por semanas, não é sinal de crise alguma, mas sim, de falta de diálogo.

Geralmente, a mulher precisa de mais conversa que o homem, e haja conversa rs, e o homem não tem muita paciência para isso, esse é um dos motivos que fazem a libido da mulher ser desestimulada, não ser ouvida!

Quer transar gostoso com ela? Deixe-a desabafar e não discorde dela, ao menos nesse momento, de maneira alguma, compreenda suas angustias e as dificuldades do seu dia, lhe dê um abraço e diga que a ama muito, que ela poderá contar com você todos os dias da vida, diga que vai fazer diferente, e que vão fazer um amor gostoso outro dia, onde os dois vão se sentir nas nuvens. É até capaz de depois disso tudo ela acabar mudando de ideia, mas se não mudar, tome um banho e esfrie a cabeça!

Isso também funciona para os homens, mas de uma maneira inversamente proporcional rs, lembrem-se, para eles, é menos conversa, mais ação e atitude! Ou seja, para que o sexo aconteça durante a rotina do dia a dia, temos que dizer e agir como o outro gostaria, e para isso, temos que conhecer o outro.

O maior problema da mulher ou do homem que não está afim de transar é que ele ou ela, não estão conseguindo ou acham que não vão conseguir atingir o orgasmo como gostariam, e se estiverem muito cansados, pior ainda.

Então,como resolver esse problema?

Com muita paciência e parceria.

A mulher por exemplo, só se sente à vontade se for conquistada durante o dia, essa é uma máxima que serve para as mulheres com pouco apetite sexual, porque sabemos que a mulher que realmente gosta… Está fim sempre …. Mesmo sendo maltratada, vai lá e faz, por pura necessidade fisiológica.

Mas, tem outras que precisam de mais carinho e dedicação. E é nesse ponto que entramos na força e no poder da palavra NÃO.

Se o parceiro não entendeu que você não quer transar porque não vai conseguir gozar, diga não, sem medo de crise. O sexo não pode ser uma obrigação, tem que ser um remédio para os dois.

Coloque as suas regras, que obviamente serão diferentes das outras mulheres. O outro também tem suas limitações e não aceitaria qualquer coisa na hora H. Então, seja honesta ou honesto, sempre! E se ele ou ela responder com atitude ignorante, relaxa, a raiva passa!

E se ele disser que vai procurar outra na rua, ou se esse for seu medo, haja com bom humor, diz que ele não está entendendo o que vai perder, porque quando estiver em um dia bom, será a melhor na cama, e sorria!

Não o deixe muito tempo sem, tente acessar dentro de você as suas fantasias, mesmo que ache que não existam.

Tente algo novo e original, o amor exige!

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS





Iara Fonseca
Jornalista, poeta, educadora social, fundadora e editora de conteúdo do Rede de Ideias: PRODUÇÃO DE CONTEÚDO. Seu interior é intenso, sempre foi, transforma suas angustias em textos que ajudam muito mais a ela própria do que a quem lê. As vezes se pega relendo seus textos para tentar colocar em prática aquilo que, ela mesma, sabe que é difícil. Acredita que viemos aqui para aprender a ser, a cada dia, um pouco melhor, para si mesmo, e para o outro!

COMENTÁRIOS