Mais vale uma safadeza sincera, do que um romantismo forçado.

Jéssica Pellegrini

Esquece tudo e leia-me nessa madrugada vazia…

Deixe os seus problemas do lado de fora da porta. Entre sem receios, sem medo e sem pudores. Liberte-se de tudo o que for pesado, retire o seu casaco e também a sua vergonha em me encontrar de lingerie no meio da cozinha. Acompanhe-me em algumas taças de vinho, conte-me sobre a sua vida e os seus anseios. Eu prometo te ajudar, independentemente de quais sejam as suas dores ou desejos.

Eu sei que você é do tipo que fala muito. A sua boca está seca, deixe-me hidratá-la com os meus lábios. Posso começar te beijando lentamente, até que tudo se torne uma erupção no seu corpo e pensamentos. A tensão está visível no seu olhar e nos seus gestos, não precisa travar-se. Eu quero te levar, daqui para a cama, da cama para o chuveiro, do chuveiro para uma vida inteira ao meu lado. Podemos minimizar e simplificar a palavra: tesão.

Estamos a sós. Não seja assim tão covarde, não fuja de mim…

A madrugada está fria, e o meu corpo pegando fogo. Eu sei que entre uma lembrança e outra, eu consigo dominar os seus sentidos de uma forma que você nunca sentiu antes. E isso te causa aflição, pois é incontrolável. Logo você, que sempre teve o controle na palma das mãos, agora deixou vazar pela ponta dos dedos. Quebrou, eu te desconcertei.

É desesperador, eu sei. Mas estou aqui, meu bem. Nessa noite, após um dia desgastante, eu sei que você vai deitar-se na cama e cobrir os pés com intenção de que eles façam o trabalho de esquentar todos os milímetros da sua pele. Mas não, eles não são obrigados a realizar essa tarefa. Na verdade, eu diria que é uma consequência. A responsabilidade de manter a sua temperatura, é inteiramente minha. Deixe-se levar por mim…

Por cima, por baixo, de lado, como você quiser. Até suarmos, sem pressa…

Eu não vou deixar você pegar no sono. Envie-me mensagens dizendo tudo o que você guarda para si, comece a dividir comigo e não seja egoísta. Você pode ter alguém que sempre sonhou, só precisa querer. E arriscar-se. Fique comigo, também quando amanhecer. Descubra as minhas imperfeições à luz do dia, eu não te quero apenas no escuro. Aliás, você não imagina o quanto eu sou louca, alucinada, desvairada por você. Você me entorpece, é delirante.

Acorde. Levante-se. Abra os olhos e enxergue o presente e futuro lindo que eu planejo com você. Desperte-se do comodismo, liberte-se dos seus traumas. Deixe-me fazer carinho sem horário para acabar, te mostrar que o amor pode não ser dolorido como nos seus antigos casos. Te provar que todo ou qualquer relacionamento é uma via de mão dupla, onde os dois fazem acontecer. Que não existe relação sem reciprocidade. Deixe-me cuidar de você, e de te proteger de todo mal que encontramos quando abrimos a janela ou ligamos a televisão.

Eu quero te cobrir nos dias de chuva, e te refrescar quando chegar o verão. Quero te dedicar músicas, frases e todas as minhas declarações. Dizer que sou maluca por você, e que nunca imaginei assumir isso antes. Te surpreender com a naturalidade de um coração que pulsa, que clama e implora por você. Ser espontânea e muito mais do que você já idealizou ao abraçar o travesseiro, com saudade de alguém que você nunca conheceu…

O prazer é seu ou meu? Espero que seja nosso!

Afinal, ontem eu pensei em você. Hoje também, e amanhã não será diferente…

Se eu te passar o endereço, você vem me encontrar?

Vem aqui comigo!

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS


Jéssica Pellegrini

Nunca confie em uma escritora confusa e romântica. As controversas entre um texto de amor e outro de desilusão, podem causar questionamentos pessoais. Consequentemente, sequelas mais graves.


COMENTÁRIOS