LIMPE ESSA BAGUNÇA PRIMEIRO! E DEPOIS ABRA-SE PARA O NOVO…

Estela Meyer

Se eu pudesse dar a mim mesma um conselho a cada término de relacionamento seria: respira fundo e limpa toda essa bagunça antes de embarcar em outra aventura.

Não importa o que houve, quem terminou. Fins são geralmente dolorosos pra ambas as partes em algum momento e o que ficam são resquícios físicos e emocionais da relação. E aqui vai um roteiro que planejei e que pode te ajudar a encarar o término com a maturidade que você já tem:

1) Permita-se sofrer, mas coloque limites

Logo nos primeiros dias depois do fim, certamente ficamos mais sentimentais, mais sensíveis. Tudo vira motivo para lembrar alguma situação, boa ou ruim. Se tiver que chorar, chore. Se gostar de escrever, escreva. Soque o travesseiro ou faça a terapia do grito. Não importa, mas coloque pra fora toda a tristeza, mágoa ou seja lá o que for que estiver preso aí. O importante aqui é desengasgar, esvaziar e simplesmente deixar ir. Não se culpe, não se julgue, não se maltrate por estar sofrendo. Seja gentil consigo mesmo. Acolha-se. ‘Ser forte’ não é negar o que está sentindo. Permita-se sentir a tristeza, mas coloque um prazo pra isso, dê-se um tempo bem definido e cumpra-o à risca. Nem um minuto além do prazo.


2) Mude o foco

A intenção aqui é bem clara: mudar a sintonia dos pensamentos. Desconectar. É perfeitamente normal e aceitável querer entender a situação e pensar nisso por vários dias, mas quando insistimos em remoer algo que já está pra lá de mastigado, acabamos por apenas nos ferir mais e mais. Troque o pensamento, saia da vibração dessa pessoa. Evite olhar o perfil dela, fotos, conversas antigas. Saia para fazer um programa que vai tomar a sua atenção totalmente, como assistir um filme, sair com amigos ou fazer um exercício físico.


3) Evite o contato

Até se sentir melhor com tudo, evite ficar mandando mensagens ou inventar desculpas para encontrar a pessoa. Não force situações ou encontros. Até ter a estabilidade emocional para algum eventual contato, deixe que o tempo e a distância cuidem de acalmar as coisas.

4) Recicle as lembranças

Se você prefere se livrar tudo e se sente confortável com isso, vá em frente! Já se você ainda não se sente preparado para apagar as memórias, físicas ou virtuais, não se cobre, não se julgue. Dê-se o tempo para isso. Oculte ou arquive, inicialmente. A intenção aqui é resistir a tentação de ler conversas antigas, ver fotos e lembranças. É não ‘cutucar a ferida’.

 


5) Cuide-se

Encha-se de amor por si. Mime-se. Cuide-se. Desde sua alimentação, até o que você veste. Faça exercícios físicos, hidrate-se e tenha um sono o mais reparador possível. Nada de ficar desleixado com a saúde e a aparência. Goste do que vê no espelho. Mesmo se não tiver a menor vontade, vista-se e produza-se melhor do que de costume. Use suas melhores roupas, seu melhor perfume, seu melhor sorriso.


6) Recompense a si mesmo

Se você passou por todas as outras fases e chegou até aqui, você merece muito ser recompensada. Compre um presente pra você, algo que vai marcar uma nova fase em sua vida. Faça um corte de cabelo novo, compre uma roupa bacana ou faça aquela viagem especial. Você merece. Veja como você conseguiu ser maduro para enfrentar tudo isso, isso é ser inteligente emocionalmente e você merece esse reconhecimento.


7) Permita-se estar aberto para o novo

Eu sei que vocês tinham muita coisa em comum, viveram momentos únicos de muita intimidade e que outra pessoa parece ainda não se encaixar direito. Parece que o lugar não está ainda disponível e que ninguém vai ter aquele “tchan” que vocês tinham. Mas dê uma chance pro novo entrar na sua vida, experimente. Aceite convites para sair, mesmo que inicialmente não pareçam ter aquele brilho. Você pode se surpreender. E se não der em nada, você já está apto a encarar como mais uma experiência.

Abra as janelas.
Deixe o ar entrar.
Sacuda a poeira.
Limpe a bagunça.
Ponha as cortinas pra lavar.
Por fim, enfeite com flores e o seu sorriso.
A próxima visita certamente vai notar sua casa arrumada… e quem sabe é aquela que vai escolher ficar.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS