Liberdade = Intensidade

Lucas Correa

Em vários momentos da vida deixamos o sentimento falar mais alto, na medida que nos entregamos nos tornamos pessoas livres; desfrutamos do prazer momentâneo de fazer o que gostamos, somente…

Começamos a ser o ator principal da nossa história de vida, sem dar ouvidos aos outros, o que eles pensam a nosso respeito, já não é mais importante, pois temos maturidade o suficiente pra não nos chatear.


Simplesmente nos cansamos de calar à todo instante, começamos a questionar o outro, entender porque a parede é azul, se enxergamos de outra cor.

A liberdade nos faz refletir, deixamos de lados os costumes e dogmas alheio, simplesmente queremos ser nós mesmos, já não somos o “bonzinho” da história, somos anjos e demônios de si.


À quem fale do cabelo, da roupa e de nós, a única certeza que temos: é agradar-se, não deixar que à opinião alheia interrompa o momento de êxtase. Por bastante tempo fomos juízes de si, cobrando um comportamento igual ao dos outros, quando enxergamos a verdade, estávamos errados, existem pessoas que levam uma vida inteira pra reconhecer esse erro.

Conforme o grau de liberdade, nos entregamos aos sentimentos, sendo intensos, tão cheios de vida que o nosso rosto resplandece, andamos com os nossos próprios pés, independente se o caminho é bom ou ruim, o importante é desfrutá-la.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS


Lucas Correa

Sou Lucas Corrêa, Escritor Amador e desde pequeno sou apaixonado pela escrita, busco uma parceria com vocês do Resiliência Humana. Atualmente tenho um blog: “Seja feliz sempre”, publico textos sobre dicas para motivação pessoal e bem-estar.


COMENTÁRIOS