Homem com cara de mau

Marina Barbieri

Que me desculpem os homens delicados, mas eu gosto mesmo é de homem ogro.

Gosto de homem com cara de quem vai destruir meu coração, tirar meu fôlego, deixar minha vida de pernas pro ar.

Gosto de homem com cara de quem acabou de voltar da guerra, lutou no Coliseu, saiu de condicional.

Homem com barba por fazer, cicatriz no rosto, cabelo desgrenhado, tatuagem no pescoço, sorriso sacana.

Eu gosto mesmo é de homem com imperfeição, porque esse lance de homem perfeitinho, cantor de boy band, marido da Barbie, capa da Capricho é muito pouco pra mim.

Eu gosto de homem com cara de mau mas que por dentro é puro amorzinho.

É um lance de pele, sabe? Há um charme inegável no medo de não saber se o cara foi só comprar cigarro ou se foi embora para sempre.

O homem com cara de mau faz você aproveitar mais. Aproveitar a vida, ele, e até a si mesma.

Ele aparece na vida para ensinar que o hoje é mais importante do que o amanhã.

Homem com cara de mau é paixão na certa. Daquelas fortes, intensas, totalmente entregues. Ele hipnotiza, embriaga e intoxica. Ele é irresistível e te faz adorar não conseguir se controlar perto dele. Ele é pura impulsividade, e te inspira o mesmo.

Ele, mesmo sem saber, consegue tirar o melhor de você.

Então por qual motivo você iria querer se controlar?

Você se joga, curte, aproveita. Beija sem se importar com o depois, ama sem se importar com a reciprocidade, se entrega sem se importar com mais nada nem ninguém.

Detesto homem cheio de amarras, frescuras, limites. Não gosto de gente que se fecha, se contém, repreende os próprios sentimentos e desejos.

Gosto de homem entregue, que mergulha em mim de cabeça, que me come com os olhos, que me deseja desde o dedão do pé até o meu último fio de cabelo.

Gosto de homem que segura firme na minha cintura, que me puxa pelo cabelo, que morde forte meu lábio.

Gosto de homem que olha no fundo dos meus olhos e eu já não respondo mais por mim.

Homem que quando chama meu nome minhas pernas tremem, minha voz falha e meu coração amolece.

Gosto de homem que mesmo sabendo que tem poder sob mim, não se aproveita disso.

Homem com cara de mau é bom, mas homem com cara de mau e coração bom é melhor ainda.

COMPARTILHAR


RECOMENDAMOS


Marina Barbieri
Aprendeu a ler antes mesmo de conseguir segurar um livro e descobriu neles o que queria fazer para o resto da vida. Além do blog cuida de 3 gatos e é autora do livro “Fique com alguém que não tenha dúvidas”, lançado pela editora Única.

COMENTÁRIOS