Fome de quê ? Você nutre-se fisiologicamente ou emocionalmente ?

Fome física; é a fome fisiológica; nossa necessidade de reabastecimento. É a fome que sustenta o corpo.

Fome emocional; ou psicológica, implica em comer “apenas por que a comida está lá”; “porque alguém se preocupou em prepará-la”; “porque paguei pela comida”, “porque tenho pena de jogar fora”; “porque me sinto ansioso”; “porque estou triste, frustrado, feliz, etc…”. Enfim, a fome emocional é a que nos faz comer mais e mais, apesar de já estarmos satisfeitos ou até passando mal. É ela que nos faz engordar.

Geralmente as pessoas compulsivas comem pela fome emocional e por isso engordam.

Para resolver qualquer problema alimentar, é preciso que você restabeleça a ligação entre o alimento e a fome física, ou seja, parar de procurar comida quando não estiver com fome, e se permitir comer quando tiver fome física, sem restrições alimentares (sem dietas proibitivas). E reconhecer os sentimentos que estão incomodando, fazendo com que você busque a comida para ‘acalmar’ esse desconforto emocional.

A cada vez que se alimenta quando seu estômago exige, você está realizando duas tarefas importantes: você nutre-se fisiológica e emocionalmente. Para isso: a cada vez que quiser comer, deve-se perguntar: “Estou com fome?”, “O que estou sentindo agora”?

VIAPsicobesidade
COMPARTILHAR
Resiliência Humana
Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia



COMENTÁRIOS