FELIZES SÃO OS QUE SE ARRISCAM

Uma vez me disseram que o mais importante na vida é ser feliz. Confesso que demorei um tempo para entender. Nesse meio tempo, fui em busca de respostas. Ofereceram-me algumas, mas não me interessei. Até que sozinho, pude perceber que para ser feliz é preciso se arriscar.

A vida não segue roteiro, na verdade, a vida é um espetáculo sem ensaios. Por isso, nem sempre nos saímos bem. Muitas vezes, tentamos nos preparar para as oportunidades, como se pudéssemos ludibriar a senhora do tempo, entretanto, estas sempre chegam de maneira diferente do que imaginávamos e, sobretudo, quando não esperamos.

Sendo assim, não há como se preparar para o acaso, para o inesperado, pois se assim fosse, todo o encanto que só este possui seria mortificado. No entanto, ainda que não saibamos o que fazer, não podemos ser reféns do medo e da insegurança. É necessário estar disposto a se machucar um pouco para que se possa sentir o sabor da felicidade.

Acreditar que se pode ser feliz vivendo de forma reclusa, sem envolvimento, sem acreditar no outro e sem esforço é uma autossabotagem de quem talvez tenha medo do que a felicidade possa lhe provocar. Talvez, tenha medo das feridas e dores que pode ganhar ao longo do caminho e, por isso, prefere esperar a vida passar como se nada de especial pudesse acontecer.

Mas, mesmo que demorem, as oportunidades chegam. E quando chegam, passam depressa. Assim, pelo medo de se arriscar e se machucar, as oportunidades que a vida nos oferece, podem passar. E junto com elas, a chance de ser feliz.

Nunca saberemos como é o final do caminho, se não estivermos dispostos a caminhar. Nele existirão obstáculos, mas, é preciso superá-los, mesmo que ao tentar, caíamos e tomemos tombos. Afinal, o erro faz parte do aprendizado e todos nós somos capazes de suportar alguns baques.

Se não estivermos dispostos a sair da nossa zona de conforto, seremos apenas representações de “eus” sonhados. Criaremos na nossa cabeça um mundo de fantasia, enquanto, essa fantasia poderia estar fora, sendo tocada, abraçada, beijada e vivida. Para tanto, é preciso se arriscar e estar disposto a cair algumas vezes.

O tempo é difícil para os sonhadores que procuram algo além do trivial. Contudo, mais do que querer é necessário ter coragem para agarrar as oportunidades que a vida nos dá. Nem tudo saíra como planejado e quem disse que precisa ser? As melhores coisas são aquelas que apenas o silêncio da alma consegue descrever.

A vida passa tão depressa, que desperdiçar a chance de ser feliz pode ser o seu maior pecado. Saia da janela e dance na rua, de pés descalços, olhe o céu e escute os pássaros. Sinta o seu coração, se entregue aos acasos, arrisque-se e seja corajoso para viver as oportunidades que a vida lhe oferece, pois com o tempo os quadros mais bonitos tornam-se apenas borrões e até o coração mais sonhador se torna seco e triste.

 

COMPARTILHAR
Erick Morais
"Loucos são apenas os significados não compartilhados. A loucura não é loucura quando compartilhada." Zygmunt Bauman.



COMENTÁRIOS