A felicidade é uma decisão pessoal

Resiliência Humana

Quantas vezes você já pensou que o dia seria completamente ruim só porque amanheceu chovendo, ou porque de repente o dia ficou feio? Com certeza isso já te aconteceu alguma vez. Poderíamos dizer o mesmo do despertador que atrasou num dia de calor intenso. Parecemos estar dispostos a viver um dia infeliz até pelas coisas mais banais.

Quando ser feliz é uma opção pessoal

Podemos encontrar a felicidade mesmo quando não temos aquilo que desejamos na vida. Você pode até achar que esta é uma atitude conformista, para alguns pode ser uma besteira, mas se olharmos pelo lado bom, ganhamos mais sendo positivos do que sendo negativos, não é?

Somos capazes de ser felizes a partir do momento em que tomamos a decisão de abraçar a felicidade, quando percebemos que mesmo que algo não aconteça como queremos, sempre haverá um lado bom, algo que nos motive, que nos faça feliz de certa forma. Afinal, ter um pouco de felicidade é melhor do que não ter nenhuma. Temos que aceitar que existem várias situações que simplesmente não podemos controlar.

Talvez o amor seja o fator que mais nos cause infelicidade, seja porque nos sentimos incompreendidos pela pessoa amada, ou porque percebemos que, mesmo com o passar do tempo, não encontramos ainda a nossa “metade da laranja”. Mas não é assim que devemos pensar! A solidão também é um fator que podemos deixar de lado, podemos até nos sentir sós em meio a uma multidão, mas devemos trabalhar esse sentimento. Devemos trabalhar para nos sentir completos, explorando a nós mesmos, pois assim podemos ser tão felizes quanto queremos ser.

É incrível o poder de influência da nossa mente sobre nossos sentimentos. Quando decidimos mudar o que não está dando certo em nossas relações, quando admitimos que o amor é complicado, que não devemos tentar mudar ninguém e somente amá-lo do jeito que ele é, aí encontraremos a nossa própria felicidade. Apenas assim poderemos ser realmente felizes.

Quando somos capazes de sorrir mesmo quando as coisas vão mal, já fizemos um grande avanço para sermos felizes. Lembre-se de que, na realidade, tudo muda em algum momento.

E quando o amor chega… Porque nos empenhamos tanto em encontrar defeitos na relação ou na pessoa? Quando pensamos em nossa própria vulnerabilidade podemos enfrentar o fato de que ninguém é perfeito e que podemos ser felizes mesmo com imperfeições.

E se o amor não vier, é porque fomos amargos. O amor acontece o tempo todo, de maneira imprevisível. Talvez devêssemos prestar mais atenção a nossa volta, as vezes não percebemos, mas o que procuramos pode estar mais perto do que imaginamos.

Hoje o dia amanheceu cinza, você podia logo pensar que não há nada pior do que isso. No meu caso, o outono costuma ser a melhor das estações, mas confesso que também me desperta aquela nostalgia, aquela lembrança que se perdeu em um dia de sol. Mas já não costumo fazer isso; entendi há um tempo atrás que podia sorrir e aceitar o dia, se me propusesse a agir assim.

Muitas das coisas que nos farão felizes, só estão esperando que decidamos vivê-las. Está muito mais em nossa mente do que em nosso coração, é preciso mudar a forma como vemos a vida. É preciso vivê-la como ela é, porque sempre haverá algo que a fará melhor, mesmo que você pense o contrário.

Só o fato de se ter mais um dia para viver, já não é felicidade suficiente? Porque você não começa a ser feliz agora?

FONTEA mente é maravilhosa
COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS


Resiliência Humana
Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia

COMENTÁRIOS