“Fazer Terapia” – Crônica Psicanalítica N.6

 

Então vamos lá!
Vou falar sobre terapia!
Mas vou logo avisando, não esperem por um texto didático, não combina com a terapia analítica! Aprendemos com Freud que é no caos que a vida se organiza.
Não combina comigo! Que respondo aos meus pacientes quase sempre com outra pergunta, porque antes de boas respostas precisamos ir atrás de boas perguntas!
E se você encontra um bom divã tem sérias chances de se encontrar, por isso é preciso coragem!
No divã você não me verá, e isso é ótimo! Sobra mais de seus olhos para você mesmo e essa é a direção que queremos seguir.
Não se preocupe! Você não me vê, mas não estará sozinho! Te escuto! Pode contar (para) comigo!
Carrego contigo seus segredos! Antes nunca revelados nem para você mesmo! Muitos deles serão descobertos no divã.
Seus desejos disfarçados em sonhos onde você nem aparece! Mas se narra na sessão, você deixa de se esconder!
A angustia pode piorar. Não espere por uma “transformação”! Não sou mágica ou feiticeira.
Você não se transformará em outra pessoa! Bobagem isso! A pessoa que você é já basta! Não se trata disso a terapia analítica, se trata de identificar recursos mentais próprios para lidar com as exigências da vida!
Se trata de ressignificar experiências e não esquecê-las como muitos me pedem.
Eu sempre respondo que não se pode esquecer, porque seria esquecer de uma parte de si mesmo.
Todos os acontecimentos de nossa vida faz parte de quem somos. Inclusive as experiências de sofrimento.
Prepare-se para um árduo trabalho! Só assim vamos ter êxito nesse nosso encontro com você mesmo.
Outra coisa , se quiser passar uma borracha em alguém de sua vida! Também não me procure! Não tenho uma borracha mágica.
Mas te digo: se vier e ficar descobrirá que seu inferno não são os outros!
Ficará brava(o) comigo em algumas sessões! Acontece. Porque não faço o tipo “falo o que você quer ouvir”, para isso você pode contar com outras pessoas! Nunca espere isso de uma analista comprometida com seu trabalho.
Não se iluda com meu divã! Não vai dar para descansar! Será muito mais difícil do que fácil. Porque não estou aqui para te oferecer conforto. Estou aqui, para junto com você, encontrar (suas) verdades! E algumas, a princípio podem te causar muito incomodo! Mas não tenha medo! Encontrá-las pode ser libertador.
E é claro, você pagará pelas sessões! É preciso investimento nesse espaço mental que ocupará em mim com sua vida!
Ah! e se “faltar” vai pagar também. Porque você pode até fazer uma dívida consigo mesmo! Mas eu não serei sua cúmplice.
E se você se comprometer (consigo) poderemos formar uma boa dupla.
image

 

COMPARTILHAR
Cristina Marcondes
Cristina Marcondes Psicóloga/Psicanalista CRP:06/114393Formação: *Especialista em Psicanálise com Crianças pelo Instituto Sedes Sapientiae. (2003) Membro do Departamento desde 2003.Experiência Profissional : •Membro da Equipe de Gestão Colegiada da Secretaria Municipal de Saúde - SUS Local . (1998 - 2000) (2001 -2011). •Autora e Coordenadora Técnica do Projeto de implantação e qualificação no MS do SAEI-Serviço de Atendimento Especializado em Infectologia(Ambulatório de DST/AIDS)- Secretaria Municipal de Saúde/SUS Local.(2001-2005). •Foi Coordenadora da Saúde Mental e CAPSinfantil no SUS local - Secretaria Municipal de Saúde de Americana. (2004-2011). •Autora do Projeto que implantou e qualificou para o Ministério da Saúde o CAPSinfantil de Americana. (2006). •Autora do projeto Clinica-Escola Tempo de Viver - atenção á crianças e adolescentes autistas de Americana. Coordenadora técnica. Projeto realizado em parceria com as Secretarias de Saúde, Educação e Promoção Social. (200-2001). •Supervisora Institucional do Projeto Centro Sol- atendimento a crianças e adolescentes em situação de risco nas ruas. Secretária Municipal de Promoção Social. (1996/2000/2003/2004). •Supervisora Técnica da equipe responsável pelo trabalho com adolescentes em conflito com a Lei - (2000). Secretária de Promoção Social. •Supervisora Clinico Institucional da equipe do Centro de Referência da Mulher de Americana. (2006/2008). •Supervisora Clínico Institucional da Clínica Escola " Tempo de Semear" - ONG dedicada ao atendimento clínico e pedagógico de crianças e adolescentes autistas. Piracicaba/SP. (2000) •Supervisora Clínica Institucional da Clínica para Atendimento de crianças e adolescentes acometidos por Distrofias Musculares. Paulínia/SP. (2001). •Psicóloga do CREAS - Centro de Referência Especializado em Assistência Social (2013/2014). •Consultório: Atendimento em psicoterapia psicanalítica de crianças, adolescentes adultos e casais. Supervisão clínica de profissionais psicólogos. Orientação de monografias acadêmicas .



COMENTÁRIOS