Existem “pessoas mágicas” nos rodeando por todos os lados

Existem “pessoas mágicas” nos rodeando por todos os lados. São aquelas com as quais você conhece a felicidade, aquelas que ajudam você a voar, a brilhar e a aliviar a sua mochila. Elas, pessoas com as quais você compartilha a cumplicidade, a permanência.

Às vezes não é necessário dizer “estou ao seu lado” porque sobram palavras. Às vezes você se dá bem com uma pessoa e do nada você se guia pela melodia do “me queira bem”. É um vínculo saudável, claro nos conteúdos, aberto a experiências. A amizade é dessas de olhares sinceros que aliviam as tristezas e nos ajudam a nos livrarmos dos obstáculos que aparecem.

“Existem pessoas mágicas. Eu juro, já as vi. Estão escondidas por todos os cantos do planeta. Disfarçadas de normais. Disfarçando seu jeito especial de ser. Procuram se comportar como os outros. Por isso às vezes é tão difícil encontrá-las. Mas quando você as descobre, já não há caminho de volta. Você não consegue se desfazer da sua lembrança. Não conte a ninguém, mas dizem que a sua magia é tão forte que se tocar você uma vez, o fará para sempre.”

Contamos as pessoas mágicas nos dedos de uma mão

Contamos os verdadeiros amigos nos dedos de uma mão. Esta é uma grande verdade que provavelmente ninguém pode negar. Isto é normal, pois não podemos encaixar expectativas, sentimentos, emoções, pensamentos e gostos com todas as pessoas que passam pelas nossas vidas.

Existem pessoas com as quais nos conectamos de forma especial e as experiências nos vinculam, servindo para sustentar um dos planos mais importantes das nossas vidas: o social. Como disse Aristóteles, somos animais sociais e, portanto, precisamos dessas uniões para nos sentirmos completos.

As “pessoas mágicas” são aquelas que têm grandes qualidades sociais e emocionais, as que nos dão seu apoio, nos resgatam e nos encaminham. Em outras palavras, as que possuem inteligência social, prima da inteligência emocional.

A inteligência social e seus dois principais ingredientes

A inteligência social se define como a capacidade das pessoas para se relacionarem. Segundo Daniel Goleman esta tem dois ingredientes fundamentais:

  • A consciência social: é a capacidade de ser sensível ao estado interior da outra pessoa, de perceber os sinais emocionais não verbais e compreender seus sentimentos, pensamentos e intenções. Trata-se, portanto, de:
    • Sintonizar e ouvir de verdade.
    • Dar espaço para que o outro diga o que quer dizer.
    • Permitir que a conversa siga um rumo definido para todos.
    • Para isso é fundamental um conhecimento verdadeiro de como funcionamos a nível social, pois sem este não poderemos decodificar os sinais sociais que são revelados.
  • A aptidão social: é a habilidade que nos permite estabelecer bons relacionamentos e nos vincularmos considerando as necessidades dos outros. Ou seja que, além de ser socialmente consciente, é preciso saber como construir trocas fluidas e eficazes. Para isso é preciso:
    • Saber se apresentar.
    • Preocupar-se com as necessidades dos outros e agir de acordo.
    • Ter amigos que se preocupam com você.

Em resumo, a inteligência social não é apenas tirar o tempo para ouvir a outra pessoa, mas se sintonizar profundamente com os sentimentos alheios e dar margem a um contato mais íntimo que sustenta. As “pessoas mágicas” são inteligentes social e emocionalmente, o que lhes concede esse status, um dom de expressividade que atrai os outros.

Neste sentido, como dissemos, existem relacionamentos que são forjados e potencializam a possibilidade do que nos comove. Essas uniões nos amarram à vida, nos encorajam a sermos melhores e a trazer a luz as zonas obscuras de nossas almas.

Mesmo que talvez possa parecer distante, a inteligência social e emocional são coisas que estão ao nosso alcance. Por isso, não descarte a possibilidade de cruzar com uma “pessoa mágica” hoje mesmo e, principalmente, não descarte a possibilidade de você desprender magia para alguém.

VIARaquel Brito
COMPARTILHAR
Resiliência Humana
Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia



COMENTÁRIOS