Eu sou feliz quando você está feliz!

Fabiana Dainese Mauch

É tão boa a sensação de estar desapegado de si mesmo! Significa não se preocupar com as próprias vontades, as próprias vaidades. É estar liberto do egoísmo de tal forma, que a felicidade de quem se ama é uma explosão de alegria no coração!

Ao ver o sorriso da pessoa amada, o coração se enche de alegria de um tanto desconhecido, um tanto que invade e inebria, enaltece o ser, o corpo, a mente e o espírito. Sublime é a sensação de plenitude…um alívio que nos toma por dentro!


Aquieta a mente, pode durar segundos, minutos, dias, meses, anos ou uma vida, pois tudo dependerá de como se encara a vida, os fatos, o jogo…O quanto você se permite olhar e ver o que realmente importa…

Você já amou alguém a ponto de se permitir ser feliz porque o outro está feliz? Pense em como é boa a sensação, como você quer que ela perdure…

Como podemos exemplificar momentos tão especiais e memoráveis?

Quando penso na felicidade de uma mãe ao ver o pai brincar com seu filho…a mãe quer apenas admirar os sorrisos sincronizados, a pureza estampada em seus rostos…a felicidade lhe preenche a alma, ela quer apenas assistir…

Hoje em um momento singelo, ele me olhou e disse: “Estou feliz”, em seus olhos eu vi a luz, o dia brilhou, o calor tomou conta e de repente eu soltei espontaneamente: “Se você está feliz eu sou feliz”, todas as sensações descritas parágrafos acima se fizeram presente e esta frase passou a fazer um sentido mágico, grandioso e encantador! Quando completei a frase, nossos olhares alegres se cruzaram e a gratidão recíproca ecoou no universo!

Percebi o quanto estava desprendida do meu ego, o quanto estava conectada ao meu amor e como isto me fazia bem…

É a gratidão pela existência do outro, é ter a sapiência de compreender que momentos assim transcendem a existência.

É para isto que habitamos o universo, por isso estamos aqui, para experienciar a dádiva da vida através da gratidão pela existência do outro!

Que todos possam enxergar além do próprio mundo, das próprias vontades e despertem para uma vivência muito menos egocêntrica…

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS


Fabiana Dainese Mauch
Apesar de apaixonada por filosofia, psicologia e relações humanas, estudou e trabalha na área de exatas, encontrando na escrita uma forma de se aproximar de suas paixões. Ama pensar sobre a vida e o que podemos fazer para melhorar o mundo e a nós mesmos.

COMENTÁRIOS