Eu não me enquadro em nenhum padrão!

Wandy Luz

Outro dia me perguntaram em qual padrão de beleza eu me enquadrava. Me falaram da importância de se sentir bonita, e maneiras como podemos aumentar nossa autoestima.

Eu não me enquadro em nenhum padrão, porque para mim eles não existem. Eu sou  como tantas outras, e ao mesmo tempo sou única. Meu mapas mentais, minhas crenças e perspectivas é que mudam tudo.

Eu sempre fui o tipo de mulher que olha as dificuldades nos olhos.

Se tenho medo? Sim, às vezes sinto medo de tudo, mas ele nunca me impediu de continuar.

Eu nunca desisti de nada por estar com medo.

Forte ? Nem sempre, mas minha fé me torna gigante e todos os obstáculos se tornam pequenos.

Meu espírito é faminto por amor. Então gosto de fazer estoques de gentilezas, generosidade, compreensão, paciência e resiliencia quando tudo parece perdido.

Minha alma gosta de brilhar, eu tenho sede, eu tenho necessidade de luz.

Por isso sempre apreciei um pouco de escuridão, porque as noites mais escuras, produzem as estrelas mais brilhantes.

Evito pessoas sem o menor peso na consciência, afinal sou sim muito seletiva com quem divido minha energia.

Aprendi a respeitar e aceitar que as pessoas são como são, mas isso não significa que sou obrigada  mantê-las por perto.

Ajudamos a quem quer ser ajudado, mas cada um tem a sua jornada.

Fujo daqueles que reclamam de tudo e todos. Fujo dos perseguidores de atenção a qualquer custo, porque pessoas que precisam de validação, que precisam ser constantemente bajuladas, são as mesmas, que criticam tudo a sua volta, porque são almas insatisfeitas, frustradas e amarguradas com a vida.

A verdade é que em meio a nossa imperfeição, existe uma beleza oculta, e ela nada tem a ver com o seu corpo, o seu cabelo ou qualquer outro atributo físico.

Eu procuro por essa beleza oculta em tudo o que faço, todos os dias, porque quero viver para aproveitar sensações que só meu coração pode sentir.

Quer me elogiar, olhe nos meus olhos, e sorria para o meu coração.

Antes de dizer se sou bonita, me conheça, experimente minha alma, e então decida o que você vê quando olha para mim.

O nosso padrão dever ser o da Felicidade, as únicas regras que devemos seguir são as ditadas pelo coração. Todo o resto é apenas uma distração, para te desviar do caminho que te leva exatamente para onde você quer chegar.

O menos é mais, simplicidade é a mais pura forma de elegância.

Mas no final do dia, você decide qual padrão quer seguir.

Ser ou sentir? Viver ou existir ? O corpo  físico tem data de validade, a essência é eterna.

Faça sua escolha com cuidado.

COMPARTILHAR


RECOMENDAMOS


Wandy Luz
Jornalista, colunista, filha do Universo e amante da liberdade. Um ser humano que se encanta a cada dia mais com os mistérios da vida e suas dimensões. Escrever pra mim é desejar e eu desejo que seu espirito seja livre e a alma plena. Que o sonhar traga esperança e que a dor traga entendimento. Em minha jornada fiz como missão questionar e explorar os mistérios desse segredo que e viver.

COMENTÁRIOS