Eu ainda vou te amar amanhã

Carla Rocha

Não importa com quantos olhares os seus tenham se cruzado, quantas bocas você tenha beijado nem com quantas pessoas tenha se deitado, eu ainda te amarei pela manhã.

Não importa quantas delas você tenha amado ou por quantas tenha chorado, eu ainda te amarei pela manhã.

Não importa se no nosso primeiro encontro você bebeu muito vinho barato, saiu trançando as pernas e vomitou no meu sapato.

Não importa se você deu na primeira, na segunda ou na terceira, eu ainda te amarei amanhã.

Não me importo com seu cabelo bagunçado e nem com o rímel borrado, eu ainda te amarei pela manhã.

Eu te amarei amanhã, depois de amanhã e no dia seguinte também, meu bem!

Não me importo com o seu passado, mas quero ser o seu presente e o seu futuro.

Pouco importa quem você era antes de mim, eu ainda te quero do meu lado.

Não se preocupe em acordar e encontrar apenas o meu travesseiro vazio e o lençol amassado, é que estou na cozinha preparando o seu café da manhã.

Do seu lado tem um recado: Menina, eu já te amo um bocado!

COMPARTILHAR


RECOMENDAMOS


Carla Rocha
é Mineira de certidão e paulista de coração. Amante de café, citações e boas histórias. Metade clichê e metade metamorfose ambulante que acredita sempre no melhor das pessoas e acima de tudo no amor que move montanhas e refaz corações partidos.

COMENTÁRIOS