Esqueça tudo que você acha que sabe sobre relacionamentos

Carolina Carvalho (by Nina)

Esqueça tudo que você acha que sabe sobre relacionamentos.
…pelo menos até acabar de ler esse texto.

Vamos começar com aquela história de que quando é para dar certo até o Universo conspira.
Isso não é uma verdade absoluta.

Se você busca alguém para fazer parte da tua vida, esqueça os contos de fadas, as histórias das amigas, as dicas de revistas, os filmes românticos.

Antes da busca você precisa se encontrar. E isso tem a ver com estar de bem consigo mesma, em estar feliz sozinha, em transbordar amor próprio.

A busca nunca deve vir para preencher os seus vazios.

Só existe a possibilidade de encontro quando você abre o seu coração, e sem escudos ou amarras, se joga ao mundo com a certeza do que você realmente quer.

Não aceite menos do que isso.

Conhecer alguém leva tempo.

Por isso, preste atenção:

1) Não se submeta ao que não te faz bem.

Se você começar a se relacionar com alguém e estiver gostando, não esconda os teus sentimentos. Você não precisa dizer que está apaixonada, mas deve deixar claro o que espera da relação. Manter um mistério pode ser instigante, mas joguinhos, nunca.

A sinceridade pode afastar quem não está nem aí para você, mas vai manter do teu lado quem realmente vale a pena.

2) Não confunda intensidade com impulsividade.

Vá com calma. Nada de exigir, cobrar, pegar no pé, ter crise de ciúmes.

Namorar vai além de rótulos. Você não precisa mudar status de relacionamento no Facebook e sair postando fotos com o cara já no começo. Aliás, nem deve. Namoro é intimidade. Intimidade cresce com o tempo. Preserve a mágica entre vocês, intensamente, a dois.

3) Observe.

Quanto mais você deixar o outro livre, mais você vai conhecer como ele é.

Não queira mudar a vida dele. Não interfira em nada. Somente assim e com o tempo, você vai perceber o quanto é prioridade na vida dele. E assim decidir se ele se encaixa na tua vida.

E lembre-se, o teu comportamento estará sendo observado por ele também.

4) O tempo do outro é diferente do teu.

Está aí uma coisa que a gente sabe, ouve, mas custa a entender.

Geralmente o homem demora mais para se entregar. Homens são racionais. Então, se você é mulher, desacelere.

Não tem coisa pior do que exigir do outro alguma coisa. Se ele diz não uma vez, não insista.

Lembre que o relacionamento é a dois. Se com o tempo, o comportamento dele não te agradar e ele deixar a desejar, converse.

Deixe claro o que você espera.

Se nada mudar, desista.

Mesmo gostando do cara, você sempre deve gostar muito mais de si mesma.

5) Cuidado com os impulsivos.

Mal vocês começaram a sair e ele já se declara, faz planos, te liga e manda mensagens o tempo todo, fala tudo que você sempre sonhou ouvir e faz coisas que homem nenhum fez pra você.

Sim, para muitas pode parecer contos de fadas, mas não se engane. Homem assim tende a desapegar com a mesma intensidade e rapidez que se entregou. Nesse caso, você tem que desacelerar e não cair no ritmo frenético dele.

Tome cuidado.

Isso é típico de homem mulherengo, depois da conquista vai te manter em “banho-maria” como faz com as outras. Ah, mas não se esqueça, tem mulher que faz a mesma coisa.

6) Visualizada e não respondida não é o fim do mundo.

Se você tem amigos homens, com certeza já mandou textos enormes falando sobre cinco assuntos diferentes e ele, teu amigo, respondeu dois dias depois sobre algo que não tinha a ver com nada do que você escreveu.

E nem por isso você surtou e achou que ele não era mais teu amigo.

O celular é uma faca de dois gumes. As pessoas trabalham, têm compromissos, preocupações e nem sempre estão disponíveis e com vontade de falar. A maioria dos homens tem preguiça de muito “mimimi”. Se ele não respondeu, espere ele te procurar. Se não procurar e sumir, não era pra ser. Existe muito homem babaca, mas também existe muita mulher sem noção:

se ele sumir depois que você mandou dezenas de mensagens em tudo quanto é rede social, ligou, esperneou e foi uma chata, ele sumiu com razão. Essa facilidade e rapidez de comunicação que as redes sociais trouxeram, transformaram as mulheres em adolescentes no quesito “como agir”.

Um dos maiores erros que cometemos é julgar o outro. Antecipamos problemas que nem existem, surtamos e depois, chamadas de loucas, ainda reclamamos. E obviamente, perdemos.

Acredito que muitas pessoas já cometeram esse erro. Mas, por favor, que não se repita.

Ninguém nenhum gosta de se sentir pressionado. Respeite a individualidade do outro.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS


Carolina Carvalho (by Nina)
Carolina é a bynina das frases poderosas e aterradoras! Ela é intensa e ama o mar! Acredita que só depois de um mergulho a inspiração vem!

COMENTÁRIOS