Enxergamos o mundo e as pessoas de acordo com aquilo que somos

Resiliência Humana

Por Thiana Furtado

O mundo sempre nos sacode e, nesse momento, sambamos de um lado para o outro entre as pessoas, sem sabermos ao certo qual será o ponto final dessa paragem.

Que possamos saber descer na parada correta, não nos esquecendo de que o que vemos refletido, muitas vezes é o mundo embriagado que guardamos em nós.

Será que somos pessoas tão boas como imaginamos?

Ou ao contrário: será que somos tão cheios de defeitos quanto alguns julgam? Ninguém é perfeito, mas podemos e devemos ser sempre pais generosos conosco…

Como você se trata? Com desenvoltura, com cuidado, com carinho, com ternura?
Será que você tem sido bondoso consigo mesmo?

Sabe, eu tenho reparado no mundo que me circunda, o quanto algumas pessoas comportam-se de maneira agressiva, ou muitas vezes explosiva, e muito mais do que isso, muitas vezes elas não enxergam nada. Preferem muitas vezes fazerem-se de vítimas, ou agem como coitadas, culpando o mundo pelos seus insucessos.

Uma pessoa dotada de discernimento saberá agir de maneira mais prudente e, como consequência, de maneira mais acertada.

Algumas pessoas realmente precisam de um chacoalhar bem dado, para que, de alguma forma despertem de seus amargos pesadelos. Ninguém pede para receber tais avisos, mas acreditem, eles chegam e geralmente, ao contrário do que se pensa, são para seu próprio bem.

Sei bem que ninguém quer ser acordado com um belo balde de água fria, mas ficar banhando-se em águas quentinhas, recheadas de mentiras, não servirá para que você possa dar uma reviravolta em sua vida, que encontra-se estacionada e que mostra-se, por via dos fatos, um tanto quanto ilusória.

É preciso que acordemos de nossos sonhos utópicos, é preciso que olhemos para bem dentro de nós e que decidamos poder fazer algo pela situação evidenciada. Existem pessoas, em contrapartida, que são excelentes tutores para suas almas, que sabem tratar-se bem, que não se sufocam com as autocríticas. O mundo está cheio de pessoas assim.

Então peço encarecidamente, por mim e pelo coletivo, que você se ame, que você se respeite, para que, como consequência, possa você respeitar as pessoas à sua volta. É preciso que você, com muito cuidado, vasculhe as suas gavetas e jogue fora tudo que esteja estagnado, que não preste, e que não se aproveite mais.

Sacuda essa gaveta, revolucione-se

Aprenda a ser ético, impute aos valores do mundo, as suas verdades mais caras, o mundo precisa de você são, de você saudavelmente regozijado. Penso que, se lhe fizeram mal na infância, experimente rever, ponderar, e não continuar fazendo com você o que um dia lhe fizeram.

Aja com prudência, com inteligência; o mundo gira sistematicamente de forma linear, e ele não esperará pela sua boa vontade de fazer diferente, ele provavelmente passará por você, semelhante a um trator em movimento. Convém que você faça alguma coisa por si, convém que você seja legal de cuca, convém que você seja uma pessoa amistosa, generosa, e pronta para encarar os desafios que cheguem sem ofertar avisos prévios.

Somos o que sentimos. As verdades que propagamos retornarão de alguma forma a nós próprios um dia. Pergunte-se sempre, o que eu tenho feito de realmente útil por mim e pelo mundo? Saiba que um dia a vida irá lhe cobrar, irá lhe indagar sobre qual a sua utilidade vivenciada cotidianamente.

Já parou para pensar que os verdadeiros vencedores são as pessoas que decidiram, de alguma forma, sair de suas cômodas posições de expectadores para começar a fazer parte do grande time, e que ficar sentado no banco de reservas não fará ninguém de fato feliz?

Como sair do banco de reservas?

Engana-se que pensa que só são chamados os melhores. São muitos os melhores, não existiria lugar para todos, muito embora exista um lugarzinho especial para todo aquele que decida acreditar em seu potencial…

Mas acredito que exista uma característica fundamental para quem deseja um dia poder chegar lá: a força de vontade. Seria uma aspiração indômita, que não permitiria forçosos fracassos. A pessoa que acredita chega lá, sem sombra nenhuma de dúvidas.

Gostaria que você refletisse um pouco sobre como você enxerga o mundo à sua volta…

O vê belo, fácil, difícil, engenhoso, feio, ilustrado, eficiente?
Você é capaz de ver que notamos o mundo de acordo com o que somos?
Que enxergamos as pessoas conforme miramos o nosso mundo interno?
Que muitas vezes os outros são espelhos capazes de nos mostrar tudo que temos trancafiados em nós?
Será que é tão difícil notar que todos somos iguais?
Que nascemos sem roupa e que a vestimenta, na hora de nossa morte, não nos servirá mais para absolutamente nada, com exceção de fazer as vestes para que sejamos enterrados com dignidade?
Saiba que o mundo será generoso com você quando você decidir colocar-se no colo e fornecer a si próprio as necessidades básicas tão necessárias para a sua sobrevivência…

A vida é fantástica, a vida é sublime, pois apesar de todo o erro que acontece na alma do planeta, ela traz em si a alma de todos nós juntos.

Saibamos que juntos somos melhores e que podemos ofertar sempre o nosso melhor como recompensa. Saiba que, apesar da insanidade de algumas pessoas, existem aqui pessoas dotadas de índoles excepcionais. Apesar da estatística apontar verdadeiras aberrações e atrocidades, existirá aí dentro de você a força de que você necessita para, mais uma vez, seguir adiante.

Acredite na força inviolável de seu caráter e de sua consciência, que será capaz de exemplificar traços de um ser humano notável, onde a dignidade, a bondade, a tolerância e a compreensão, serão peças chaves fundamentais para que possamos juntos seguir rumo a um lugar onde a atmosfera que irá pairar será a benevolência fluídica do respirar o ar, do grande pulmão que abriga o mundo.

FONTEA mente é maravilhosa
COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS





Resiliência Humana
Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia

COMENTÁRIOS