Desistir Jamais! O Caminho da Perseverança

Ter perseverança é simplesmente possuir a habilidade de continuar tentando e tentando mesmo após inúmeros fracassos.
Nem sempre as coisas vão sair como você as planejou. Muitas vezes você fracassará em seus intentos. E mesmo assim, se você for sábio, vai ser capaz de transformar o sabor azedo de um fracasso em uma doce vitória.

Se você for sábio o suficiente, enxergará cada falta como um aprendizado, cada batalha perdida como uma nova oportunidade de vencer e cada obstáculo do caminho como um degrau fortificante que lhe porá mais próximo de seu objetivo.

No caminho da perseverança cada pequena conquista conta. E conquista a conquista você se perceberá mais autoconfiante e seguro de si. Cada triunfo, mesmo que pequeno, aumentará sua crença em suas próprias capacidades e talentos.

Com suas aptidões e talentos bem desenvolvidos e nutridos, sua habilidade de realização aumentará e ficará mais fácil alcançar os seus objetivos.
Se a perseverança fosse um jogo, eu diria que seria um jogo de win win (ganha-ganha), pois, se o indivíduo falha, ele adquire experiência e se ele vence, ora, ele atinge seu objetivo final.
Continue tentando, não desista! Muitos foram os que desistiram segundos antes de sucederem. Muitas são as histórias daqueles que cavaram até que cansaram e o ouro que procuravam há anos estava bem diante de seus narizes 10 m adiante.
O que aconteceria se você soubesse que desistiu um pouco antes de realizar seu grande sonho? Pois bem, não deixe de tentar, pois seu ouro pode estar literalmente a 10 m de distância de você. Dê um passo à frente e mantenha-se positivo.

Muitas coisas levam tempo para se desenvolver e não é diferente com os nossos sonhos. Eles precisam de um tempo para crescer. Precisam de cuidados, dedicação e paciência.
Dê tempo ao tempo. Dê tempo a si mesmo e insista. Não tente apressar os acontecimentos, mas também não deixe de crer que ocorrerá o que você desejou. Seja grato por tudo aquilo que possui e não deixe que a opinião alheia turve seus olhos ou piche os seus planos. Creia em sua capacidade de resistir.
Se errar, tente fazer diferente da próxima vez. Peça auxílio quando necessário a um especialista. Se cair mil vezes, levante mil e uma. Fortaleça seus pontos positivos, trabalhe para superar suas debilidades, continue sua jornada e jamais desista!

Duas personalidades me chamam muito a atenção por seu alto grau de perseverança: Walt Disney e Johnny Cash. O primeiro dispensa qualquer comentário, mas gostaria de ressaltar que ele teve que batalhar e aguardar 16 anos para conseguir a assinatura de Pamela Travers e transformar Mary Poppins (o livro) em filme. Ele teve bastante tempo para desistir, mas se manteve firme. Ainda bem! Eu e boa parte da humanidade o agradecemos por isso! Mary Poppins é um filme maravilhoso.
Johnny já sabia o que queria ser desde os 4 anos de idade, colocou um objetivo diante de si: cantar na rádio e foi batendo de porta em porta até realizar. Ele também insistiu com seu amor: June Carter e não descansou até conseguir casar com ela.

É fácil contar histórias de perseverança, mais fácil ainda ler sobre elas. Mas perseverar, de verdade, quando tudo parece perdido é difícil. Como, então, certas pessoas conseguem?
Não existe um manual de princípios ou um programa de 5 passos que possa providenciar ao indivíduo a convicção necessária para perseverar. Esse tipo de determinação exige uma missão, uma simples, mas resoluta confiança naquilo que se faz, na causa, no propósito. A crença torna o indivíduo resiliente e isso o favorece nos momentos de crise.
Creia em si mesmo. Resista. Mantenha-se firme em seu propósito e não desista jamais!

“Que a força esteja contigo”.

fernanda Luongo

COMPARTILHAR
Resiliência Humana
Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia



COMENTÁRIOS