A coragem, assim como um músculo, se fortalece usando

As pessoas que estão cheias de coragem e passaram por tempestades e ciclones levam tatuadas as marcas da sobrevivência no corpo. Elas merecem todo o respeito do mundo pela sua valentia, por atreverem-se a cruzar uma selva cheia de feras e por terem vencido.

Essas pessoas mostraram a si mesmas que ter medo significa ter algo a perder, mas também muito a ganhar. Elas que perceberam que a coragem, assim como um músculo, se fortalece ao ser usada e chegaram a essa conclusão depois de terem vencido.

Você estará realizado quando não tiver medo de ser quem é

Cada um de nós possui sua própria parcela de coragem e valentia dentro do corpo, é preciso apenas aprender a colocá-la para fora quando for necessário se defender dos monstros. Trata-se da força interior indestrutível que todos nós possuímos e que nos permite acreditar em nós mesmos.

O medo é um animal selvagem que busca a nossa derrota em cada movimento, e a coragem é aquela que nos faz encontrar nessa derrota uma oportunidade: um a um todos os sonhos que temos na vida podem cumprir-se se não temermos ser o que somos e nos permitirmos errar.

Somos pessoas imperfeitas, mas com uma pitada de liberdade debaixo do braço que enxerga a luz quando nos esforçamos para sobreviver às más experiências: a coragem nos dá energia, o impulso suficiente para moldar nosso presente e nos prepararmos para o futuro.

Tenha coragem para fazer o que a sua intuição lhe diz

O presente e o futuro não são mais do que ações que querem ser realizadas, onde nossas emoções se combinam para formar obstáculos ou serem guias do que fazemos. Dessa forma, quando o medo for forte e se aliar com a razão, que seja a valentia que marque o ritmo: com intuição, com coração e um pouco de prudência, alcançamos o que nos torna feliz emocionalmente.

É que você, que também enfrentou as grandes batalhas, pode comprovar que o medo se detém no final do caminho. Você tem equilíbrio e estabilidade porque se ergueu contra o que o horrorizava e agora você vê tudo de outra forma.

Por esses motivos, não devemos deixar de acreditar na intuição por medo, não devemos deixar de acreditar em nós por temor. Temos que decidir superá-lo para conseguir alcançar nosso objetivo.

A coragem é uma decisão

Encontrar a coragem significa compreender que as situações mais complicadas são ideais para serem vistas no final de um mau caminho: por isso, quem conseguiu chegar ali também é capaz de mudar de rumo e criar novos horizontes. Eles sabem que a coragem é uma decisão, um dever de amor próprio, o melhor amigo de uma travessia difícil.

Sabemos que o valor nasce de dentro e que ninguém pode nos dar o seu. Todos nós nos sentimos envoltos com as forças que outras pessoas nos presenteiam, com seu humor e seu apoio. No entanto, devemos tomar a direção desde, por e para o nosso bem-estar emocional.

Aquelas pessoas que estão cientes de sentir um medo terrível, e ainda assim tentam superá-lo sempre, até que o medo acaba com o medo: essas estão cheias de muita ousadia. Dessa forma, como dizia Nelson Mandela, a coragem não é a ausência de medo, mas sim a vitória sobre ele.

VIACristina Trilce
COMPARTILHAR
Resiliência Humana
Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia



COMENTÁRIOS