Como curar um coração partido?

Em primeiro lugar, é bom você ter certeza de que quer mesmo curar o seu coração partido! Sim, porque tem gente que, mesmo sem perceber e ainda dizendo que quer, na verdade não quer! Por mais estranho que possa parecer, essas pessoas acreditam que ganham mais mantendo o coração partido do que curado.

Mais ou menos assim: enquanto se mantêm tristes, doloridas e no lugar de sofredoras e vítimas de alguma desilusão amorosa, podem estar ganhando mais atenção ou uma história comovente pra contar. Talvez estejam apenas garantindo que tinham razão ao dizer que amor de verdade não existe.

Enfim, as razões de quem não quer curar seu coração partido podem ser muitas. Mas não nos interessam neste momento, neste texto. Por isso, se você está em dúvida de que quer ou de que é possível ser feliz de novo, pode parar de perder o seu tempo aqui.

Quero falar somente com quem tem certeza de que pode, merece e quer ser feliz. Afinal, curar um coração partido é como sair de um buraco. Ou seja, você precisa acreditar que tem algo lá em cima, fora deste buraco, que vale muito a pena o esforço da subida!

Então, vamos lá! Comece se dando conta de que você não é o primeiro e, muito menos, será o último ser da terra a doer por amor. Faz parte. Acontece com todo mundo que está vivo de fato e disposto a experimentar seus sentimentos. No final das contas, mesmo que não pareça, dor de amor chega a ser um privilégio! E quem nunca amou vai entender perfeitamente do que estou falando!

coracao1

Agora, pense comigo: não é possível que tamanha dor, tão desagradável e persistente, não sirva para nada! Tem de servir! Qual é o aprendizado? Como dá pra crescer com ela? Sim, sempre dá! Qual foi sua parte nesse processo? Porque tem uma coisa: enquanto você não descobrir qual é a lição, a dor pode até passar, mas… Mais cedo ou mais tarde, ela vai voltar… Até você aprender!

Por fim, use a lei da proporcionalidade possível. Quer comer um bolo inteiro com uma única bocada? Impossível. Mas, se você fatiá-lo? Assim também se cura um coração partido. Um dia de cada vez. Não dá pra acabar com a dor toda agora. Mas é certo que você pode lidar com ela neste instante. Apenas neste instante. Só por hoje!

E então? O que é possível fazer neste momento? Chorar um pouco? Ligar para um amigo? Meditar? Orar? Dançar? Escrever? Pintar? Cozinhar? O que? Descubra novos canais de transformação! Use sua criatividade. Crie espaço para a dor se dissipar e sentimentos bons florescerem dentro de você!

Eu sei! Não é fácil. E sei também que saber que vai passar não diminui a dor que você está sentindo agora. Mas vai passar mesmo assim. Porque mesmo sem você se dar conta, amanhã vai doer um pouquinho menos que hoje.

Até que chegará o dia em que essa dor fará todo sentido. E você terá entendido, de uma vez por todas, pra que ela serviu. E ao olhar para seu próprio coração, verá que ele está ali, não só colado, curado e inteiro, mas muito mais forte e vibrante. Pronto pra recomeçar! Só por hoje…

coracao1

VIARosana Braga
COMPARTILHAR
Resiliência Humana
Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia



COMENTÁRIOS