Como aumentar o amor próprio em 7 passos

O amor próprio é um termo muito popular mas que nem sempre é bem compreendido. O amor próprio não é uma ação, mas sim um estado no qual você se sente bem consigo mesmo. Neste sentido, o amor próprio é importante para viver bem. Influencia a forma como nos relacionamos com os outros, a imagem que projetamos no trabalho e o modo como enfrentamos os problemas.

O amor próprio é um elemento fundamental para o bem-estar das pessoas. No entanto, praticar o amor próprio pode ser um desafio para muitos de nós, especialmente em momentos em que enfrentamos desafios sérios. Não se trata de ser narcisista, mas sim de colocar-se em contato consigo mesmo, com seu bem-estar e felicidade.

O que é o amor próprio?

O amor próprio não é simplesmente um estado de sentir-se bem que pode ser alcançado cuidando da própria imagem, através de leituras inspiradoras, compartilhando tempo de qualidade com as pessoas queridas ou desfrutando sozinho atividades prazerosas. Apesar do quão gratificantes estas e outras coisas possam ser, o amor próprio não é isso.

O amor próprio é um estado de apreciação de si mesmo que cresce a partir das atitudes que apóiam a própria saúde física e psicológica e estimulam nosso crescimento espiritual.

O amor próprio é dinâmico. Cresce mediante atitudes que nos fazem amadurecer. Quando agimos de forma a ampliarmos o amor próprio em nós, começamos a aceitar muito melhor as nossas fraquezas e nossas forças, e temos menos necessidade de explicar nossas carências.

O amor próprio nos faz sentir compaixão por nós mesmos como seres humanos, lutando para encontrar um significado pessoal. Isso nos permite estar mais focados em nossos propósitos e em nossos próprios valores, que esperamos cumprir através de nossos próprios esforços.

“Ame a si mesmo primeiro e todo o resto virá em seguida. Você precisa amar a si mesmo verdadeiramente para conseguir fazer alguma coisa neste mundo.”
-Lucille Ball-

7 passos para aumentar o amor próprio

•Fique atento e consciente: as pessoas que têm mais amor próprio costumam saber o que pensam, sentem e desejam. Elas são conscientes do que são, o colocam em prática e não agem em função do que os outros querem.

•Aja em função das suas necessidades, não dos seus desejos: Amar não significa satisfazer os desejos do outro, mas sim facilitar o que ele necessita. O amor para consigo mesmo funciona sob o mesmo princípio. Focar no que você precisa o manterá afastado dos padrões de comportamento automáticos que são pouco saudáveis, que trazem problemas ou que mantêm você preso ao passado.

•Mantenha um bom cuidado pessoal: uma forma de amar a si mesmo é cuidar mais das suas necessidades básicas. As pessoas que amam a si mesmas se alimentam diariamente através de atividades saudáveis, o que inclui uma boa alimentação, atividade física, bom sono, intimidade e interações sociais saudáveis.

•Estabeleça limites: uma pessoa que ama a si mesma se valoriza para estabelecer limites e para dizer “não” a tudo que a afeta física, emocional ou espiritualmente.

•Proteja-se das pessoas tóxicas: Uma pessoa que se ama se protege das pessoas tóxicas e não perde tempo com aquelas que procuram envenenar o seu espírito.

•Perdoe a si mesmo: Os seres humanos pode ser muito duros consigo mesmos. Ser responsáveis pelas nossas próprias atitudes não implica que devamos nos castigar por elas eternamente. As pessoas que amam a si mesmas aprendem com os seus erros, aceitam sua humanidade e se perdoam.

•Viva com vontade: para se aceitar e amar mais, sendo consciente do que acontece na sua vida, é bom você ter ao menos um propósito. Se a sua intenção é viver uma vida significativa e saudável, precisa tomar as decisões que apóiam essa intenção. Isto permitirá que você esteja bem consigo mesmo quando tiver êxito nesse propósito. Você vai amar a si mesmo ainda mais se você vir como consegue alcançar o que se propôs fazer. Para isso é necessário estabelecer suas intenções de vida.

Não dá para amar o outro mais do que a si mesmo: portanto, é preciso aprender a se amar para poder oferecer amor aos outros.

FONTEA mente é maravilhosa
COMPARTILHAR
Resiliência Humana
Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia



COMENTÁRIOS