As melhores coisas da vida levam TEMPO para ficarem perfeitas: Como um bom vinho, um bom queijo, um bom amor.

Bruna Stamato

Tenho recebido alguns e-mails com leitores dizendo que a lei da atração “não faz efeito”, que não conseguem emagrecer…e que não conseguiram levar os exercícios propostos por mim, num outro texto, adiante.

Fui conversar com eles mais a fundo, para tentar entender o “por que” destas negativas, e achei o denominador comum entre eles: O TEMPO. Ou melhor, a falta dele.

Nos acostumamos a sermos seres imediatistas, que temos tudo a um click dos dedos: Uma quantidade absurda de informação, de imagens, de conteúdo para o nosso cérebro processar rapidamente, descartar e partir para outra.

Vivemos ONLINE para o mundo e Offline para nós mesmos… Nos ignoramos, nos tratamos com indiferença e quando temos algo que foge do “padrão” prontamente dizemos “que besteira! não tenho pra isso!”.

E realmente…não temos tempo para ouvir uma banda nova que um colega indicou, escutamos o primeiro trecho, da primeira música e se não agradou, tchau!

Não temos tempo para irmos no restaurante indiano que abriu e todo mundo está adorando, porque fica 1 quarteirão mais longe do que o habitual…

Não temos tempo pra levar o cachorro pra passear! Mas contratamos alguém que o faça.

Terceirizamos também quem faça os serviços de casa, de transporte escolar…e se pudéssemos, terceirizaríamos alguém para ir aos almoços de família, reuniões escolares, e quem sabe, dormir no nosso lugar, pois assim nos sobraria, com certeza, muito mais tempo!

Mas calma…as férias vão chegar. Você terá aí alguns dias para organizar tudo, colocar em prática, ler aquele livro, fazer o curso de Yoga e ir ao Indiano novo, certo?

Não…eu sei tão bem quanto você que isso só funciona na teoria. Na prática, você aproveitará para dormir, o máximo que puder, estará tão exausto que não sobrará disposição para começar a praticar exercícios e Yoga…e você vai assistir alguns filmes na TV mesmo pois é mais prático que ler um livro… Lá pela metade das férias, sua mente já vai começar a te enviar sinais de alerta, do tipo: “Olha, as férias estão acabando!! Você precisa fazer alguma coisa!” e esse pensamento começará a gerar angustia e frustração, por não ter conseguido fazer quase nada do que você se propôs.

Aí nossa energia já baixa e é isso que causa a fadiga mental, quando voltamos das férias ou mesmo de um feriado ou fim de semana, mais cansados e desanimados do que quando saímos.

Na realidade real mesmo, não tem muito a ver com a sua rotina ou seu trabalho, sabia? Tem a ver com o modo como lidamos com nossas mentes.

Mentes PRECISAM de estímulo constante! E não falo de estímulo de leitura obrigatória para o trabalho, ou para ir pra academia porque o médico mandou fazer 1hora de esteira por dia para diminuir o colesterol… Eu falo de estimulo PRAZEROSO!
De desafio; De CONQUISTA!

A mente não pode ficar correndo à revelia, sem metas pessoais, somente trabalhando exaustivamente por uma compensação futura, que levará meses para alcançar.

Precisamos nos dar pequenas batalhas cotidianas. E pequenas glórias semanais.

Precisamos rever nossos erros em nossa trajetória até aqui, mas precisamos rever os acertos TAMBÉM, os ponto – fortes que nos trouxeram até onde estamos e principalmente: Que nos LEVARÃO para onde queremos ir!

Claro que a Lei da Atração não funcionará pra você se você nem sequer se dá tempo e chance de experimentá-la. É algo como aprender um idioma novo: Você não falará fluente enquanto não INCORPORAR, enquanto não aprender a PENSAR no outro idioma e parar de querer simplesmente traduzir.

Não queria “traduzir” a Lei da Atração, pois ela é sinestesia pura! Você precisa SENTIR!
E isso não se dará em 3 dias ou 3 semanas…

Não podemos destruir nossas crenças limitantes, mudar nossa forma de encarar a vida e resolver todos os problemas em 1 semana… Mas, podemos ESCOLHER e COMEÇAR. Agora, nesse exato momento!

Se dê esse voto de confiança! Se dê essa chance. Comece a estudar a Lei da Atração para poder compreende-a e então esqueça o tempo…o tempo cronometrado em relógio é invenção humana… O Universo é um tanto anacrônico, acredite! Esqueça o tempo e se permita apurar o conhecimento.

Assim como os melhores vinhos, nós também levamos TEMPO para nos aprimorarmos, para aprendermos e para sentirmos os resultados e então, sermos a melhor versão de nós mesmos.

Existem queijos que demoraram anos para ficarem prontos, e isso faz com que sejam os mais especiais e saborosos do mundo.

Amor também. Os melhores amores são construídos com o tempo e por isso ele, o Tempo, não os destrói. Ao contrário de efêmeras paixões que se vão, tão subitamente quanto uma tempestade de verão.

Meus melhores relacionamentos não foram as paixões à primeira vista, foram os que viraram amor devagar…
Nós, levamos 9 meses da concepção até estarmos aptos para sobreviver nesse mundo.

E esse tempo é absolutamente fundamental para que nos adaptemos à ideia de nos tornamos mães e pais. Nós, mulheres, precisamos gestar um filho, mas nossos corpos se preparam para estarem prontos para esse momento desde…desde o momento que somos concebidas…
Não é incrível? A Natureza é muito sábia! Não seria então, uma loucura, duvidar ou querer driblá-la ?!!

Não aprendemos a andar instantaneamente, nem a falar, nem a comer sozinhos… Não aprendemos a escrever rapidamente nem a dirigir…embora esses processos tenham um nível de dificuldade e percepção individual, a questão é que NINGUÉM NASCE SABENDO!

Então…você não é a exceção, não é um “Perdedor”, não é incapaz. Talvez, você só não esteja se dando o tempo necessário para amadurecer e aprender o que quer.

Às vezes, nem tudo que queremos é a prioridade Universal nesse momento. Certas vezes a vida quer que aprendemos alguma outra lição antes de chegarmos ao ponto crucial desejado. E acredite, isso não é um castigo!
É uma bênção.

Encare os atrasos e demoras como um presente da vida pra você. Com certeza você estará 100% pronto para aproveitar ao máximo quando conseguir o que tanto quer.
Ou vai dizer, que você nunca desperdiçou uma boa chance quando era mais novo, ou fez alguma bobagem da qual se arrepende por imaturidade ou falta de experiência?!

Também são jeitos que a vida encontra para nos ensinar… Tropeços são essenciais para quem quer aprender a levantar.
Tombos são inevitáveis para quem quer se arriscar no skate!

O medo é inevitável para a criança que experimenta a bicicleta pela primeira vez!
E não é por isso que se perde a magia! Não há de ser por isso, que deixaremos de viver.

Nosso tempo terrestre não significa muita coisa para as nossas almas, que são imortais e por tanto, têm toda a eternidade pela frente.
Não se apegue muito a isso… A gente não sai dessa jornada sem ter aprendido as lições necessárias para nossa evolução.
Mas o Tempo que isso levará, esta fora da nossa jurisdição.
Confie!
Afinal, o Tempo, é o Senhor do Universo.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS


Bruna Stamato

“Mãe, mulher, geminiana, maluca e uma eterna sonhadora!”


COMENTÁRIOS