Aprenda o que são mudanças momentâneas e duradouras

Você está interessado em saber o que é resiliência e desenvolvê-la? Que tipo de mudança você quer promover quando o foco principal é a gestão do estresse?

Um tipo de mudança e que necessariamente não gera resiliência, mas gera transformação são aquelas que eu chamo de mudanças momentâneas. Momentâneas, esse termo que eu costumo usar, não quer dizer que é de baixa qualidade em hipótese alguma. Estou querendo dizer que ela não tem uma ação duradoura no tempo porque elas são focadas em sistemas como o neuromuscular.

Então em um período de tempo você vê que aquela mudança se esvanece e desaparece. Por exemplo: atividades físicas realmente promovem mudanças na gestão do estresse, mas não são duradouras. A yoga, meditação, massagens, são todas atividades que promovem mudanças, mas não necessariamente trazem mudanças duradouras.

As mudanças duradouras acontecem quando nós trabalhamos especificamente e com foco na ressignificação de esquemas de crenças que determinam o comportamento resiliente. Quando nós focamos nossa ação nos modelos de crenças que determinam o comportamento resiliente, então nós podemos promover mudanças neuroquímicas e que se repercutem na qualidade do pensamento e na qualidade das redes neuronais e, mais do que isso, ao longo do tempo.

Então, dentro dessa abordagem resiliente nós entendemos que mudanças nos esquemas de crenças que determinam o comportamento promovem a alteração do estresse de uma forma mais perene, vamos dizer assim, duradoura.

E quando se pretende fazer este tipo de ação, aonde e quais os esquemas de crenças que nós devemos alterar? Quais são os esquemas de crenças que nós devemos alterar especificamente para que sejam mudados e transformados? São aqueles que são diretamente vinculados a resiliência, nem todo esquema de crença está vinculado a resiliência, concorda? O esquema de crença que está vinculado ao seu time de futebol não está vinculado a resiliência. Agora determinados esquemas de crença sim, e eles tem como resultados a flexibilidade e a coerência.

Algumas pessoas colocam a flexibilidade como um dos fatores da resiliência, mas não é. A flexibilidade é o produto que se obtêm quando se desenvolve a resiliência em esquemas diferentes ou em áreas diferentes da vida. É preciso ter um cuidado para ter o foco nas áreas principais da vida, quando nós focamos nestas áreas nós temos o que eu chamo de mudanças duradouras.

Bom, se temos áreas principais também iremos ter áreas secundárias e algumas pessoas, creio que de maneira equivocada, colocam essas áreas secundárias como fatores que promovem a resiliência. Na verdade não são, elas acontecem em decorrência da ação do esquema de crença principal.

 

VIAGeorge Barbosa
COMPARTILHAR
Resiliência Humana
Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia



COMENTÁRIOS