ANCESTRAIS – AS RAÍZES

Ancestrais que nos deram a vida, de um ventre ao outro, de mão em mão, de sopro em sopro sagrado, no entremear-se das almas através dos milênios sobre esta Terra. Os ancestrais são nossos predecessores e nossas próprias vidas passadas, e estão presentes dentro de nós em nossos genes, em nossas células. Portanto, as células de nosso corpo contém ecos de nossa família, e influenciam na forma de percebermos a realidade.

A conexão com nosso passado, com aqueles que vieram antes de nós, nos ajuda a encontrar força e sabedoria para caminhar no futuro. Nós somos os resultado de milhares de pessoas, que viveram, aprenderam, criaram, ensinaram. Eles tornaram possível nossa realidade, errando ou acertando. Eles honravam os que ja passavam por nossa Terra. O que eles fizeram no passado impactam as gerações presentes.

A reconexão com os ancestrais ajuda a compreendermos quem nós somos e da onde viemos. Precisamos inventariar o que nos foi deixado de negativo para não repassarmos para as gerações futuras. Precisamos curar a ferida do nosso passado para reestruturarmos o nosso presente e assim termos mais esperanças no futuro. Assim como precisamos conhecer e honrar o que nossos ancestrais nos deixaram. A conexão com os ancestrais nos fornecem um sentido de continuidade que nos ajuda em momentos difíceis. Eles influenciaram nossa aparência física, nosso comportamento atual, nosso inconsciente, nossa energia.

Influenciaram nossas escolhas, medos, sonhos, impulsos. Também a nossa etnia, nossas crenças e inspirações. Para honrar nossos ancestrais precisamos perdoá-los, pois esse ato de perdão, ajuda a curar as energias ancestrais negativas, nossa herança negativa. (culpa, ódio, rejeição, raiva, negação, etc.) . Senão conseguir perdoar o ato, perdoe a pessoa, isso ajuda a liberar o padrão familiar negativo.

Vamos, portanto, fazer um minuto de silêncio para reverenciar a nossa linhagem na paz e na harmonia, onde que que eles estejam.

O que abaixo segue foi transcrito do livro  ” Descendentes ” de Denise Linn, editora Bertrand Brasil, que gostaria de compartilhar :

” Nossos ancestrais literalmente fazem parte de nós mediante sua presença em nossos genes. Dentro de cada célula de seu corpo existe um traço microscópico de cada um dos seus ancestrais.

Algumas culturas possuem cerimônias para reverenciar os ancestrais e aqueles que já se foram. O valor disso está no fato de expandir nosso sentido cultural de continuidade e homenagear a morte como uma das transições fundamentais da vida. Em alguns países latinos, o Finados é um dia para reverenciar os mortos. Nossa cultura possue uma perspectiva interessante sobre a morte; basicamente, enquanto cultura, nós a negamos. A morte nos deixa embaraçados, e os mortos costumam entrar para as fileiras dos intocáveis. Nas culturas mais antigas, a morte era compreendida como um aspecto importante da vida e tinha lugar nobre na sociedade. É uma festa de compaixão. ”

ROMPENDO PADRÕES ANCESTRAIS E FAMILIARES NEGATIVOS

Nosso passado não acaba, ele acontece todos os dias. Muito da nossa personalidade vem de legados ancestrais. Nossa personalidade é em parte resultado de uma linhagem de nossos familiares. Nós trazemos uma herança ancestral tanto no aspecto dos valores, como os padrões negativos.

A alma, a raiz ancestral é tão profunda que pode alterar o destino dos descendentes.

Em nossos genes, estão codificadas nossas heranças ancestrais. Somos programados pelo nosso passado.

Libertar-se de padrões negativos de nossos antepassados pode curar nossa árvore genealógica.

O primeiro ponto é recordar/ descobrir as memórias do passado

Somos chamados a repetir alquilo que não nos lembramos. Eles aparecem de forma compulsiva e repetitiva. É o chamado karma

Aí entram segredos, mentiras familiares, que se baseiam no medo, vergonha, culpa. É um fardo para toda a linhagem.

O segundo é identificar as tendências familiares negativas.

Identificar suas crenças. Nós vivemos de acordo com elas.

Livrando-se dos padrões ancestrais e familiares negativos.

Quando perceber uma crença familiar negativa, afirme e realize : Aqui é o fim dessa crença. Esta é a ultima geração que será afetada por esse padrão negativo. Vou lutar por mim e pelos que me seguirão. Esse padrão acaba aqui.

Primeiro Passo: Desapegar da necessidade de estar sempre certo

Decreto : Não sou mais vítima da vida. Aceito a responsabilidade por mim mesmo. Sempre posso fazer escolhas em minha vida. Muito embora eu não possa ser capaz de escolher as circunstâncias de minha vida, sempre posso escolher a maneira como responder aos eventos de minha vida. E declaro isso agora e para sempre.

LIBERAÇÃO

1 – Decidir curar-se :

Declare a si mesmo “ estou pronto e aberto para a cura

2 – Perturbação :

Você começa a perceber os padrões familiares que ter feriram, vem as memórias do passado

3 – Compreensão

A culpa não é sua ! Você repete uma programação

4 – Resolução

Quando começa a perceber quem você é. O que você ganha sendo vítima ? O que você ganha sempre reclamando. O que você ganha se gabando, querendo ser o que não é?

5 – Perdão

Cortando a corda da negatividade

CERIMÔNIA DOS ANCESTRAIS

Você está caminhando num belo recanto da natureza. Nesse santuário você está cada vez mais em paz consigo mesmo. A sua frente há uma grande esfera de luz brilhante, branca cristalina, Entre nessa luz brilhante. Esteja consciente dessa luz te envolvendo com sua proteção e benção. Experimente por um instante estar cheio de luz. Saia da esfera de luz e sinta-se levado a um lago tranqüilo, o lago da Verdade Ancestral.

Do outro lado do lago está o seu Mestre Ancestral. Á medida que se ajoelha no lago, vai vendo imagens de épocas passadas refletindo-se suavemente na superfície.

Você irá fazer perguntas ao Mestre, e observa que as imagens do lago mudam, oferecendo informações valiosas para curar sua árvore da família :

O que de mais valioso eu adquiri da minha família ?

Qual é a melhor maneira de usar essas qualidades /

Quais são as tendências negativas dentro de mim que vieram do passado.

Qual é a melhor maneira de curar esse ciclo ?

Agradeça ao mestre Ancestral.

Visualize-se no topo de uma montanha. Um por um seus ancestrais sobem até o topo da montanha. Nas suas mãos está o cajado da verdade, e, quando cada um deles se aproxima, você pode ver dentro de seu coração e de sua alma.

Seu cajado tem o poder da compaixão e da compreensão.

Com ele você pode ver os desafios e triunfos que cada um encontrou em sua vida.

Com infinita compaixão imagine-se dizendo-lhes “eu o aceito pelo que voc~e é”. A medida que cada ancestral fica diante de você, dá para perceber o espaço entre os dois.

Se você sentir quaisquer energias psíquicas negativas fluindo entre vocês está livre para cortar as cordas que o ligam a esse indivíduo. Isso não significa cortar o elo entre você e o ancestral, significa cortar as influências negativas que ele tem sobre você.

Ao se despedir de seus ancestrais e ao vê-los partindo, abençoe-os. Saiba que as bênçãos que seus ancestrais recebem vão circular o tempo até voltar para você.

JORNADA AOS ANCESTRAIS IMEDIATOS

Comece a recuando no tempo de sua própria vida. Imagine o que aconteceu hoje pela manhã. (circulo de excelência). Deixe a imagem ir embora

Busque uma recordação de ontem – Deixe-a

Volte sua lembrança há uma semana atrás – deixe-a

Lembre-se de uma situação feliz – Esqueça-a

Lembre-se de uma situação triste – Esqueça-a

Lembre-se de uma situação zangado – Esqueça-a

Lembre-se de uma situação paz – Esqueça-a

Lembre-se de uma situação luto – Esqueça-a

Lembre-se de uma situação foi bobo – Esqueça-a

Lembre-se de uma situação excitado – Esqueça-a

Lembre-se de uma situação medo– Esqueça-a

Lembre-se de uma situação apaixonado– Esqueça-a

Lembre-se de uma situação ressentido – Esqueça-a

Lembre-se de uma situação sábio – Esqueça-a

Lembre-se de quando você tinha 18 anos de idade, esqueça

16…15…14…13……..1 ano…6 meses…3…1

Até o útero…e mais além. Viaja na tempo até o momento em que sua mãe era bem pequena. Ela é infeliz, pegue-a, coloque no seu colo, conforte-a, abrace e embale. Deixe ela saber que voc~e gosta dela. Sabe de suas dificuldade e lhe oferece compreensão e amor. Imagine uma linda luz cercando os dois. Essa luz transmite uma energia maravilhosa a seu espírito que vai abrir os caminhos da vida dela até chegar a você., faça o mesmo com seu pai, com seus avos (mesmo que não se lembre deles) (suas sete gerações)

Voltando à vida presente, suave e tranqüilo, permita que as imagens e lembranças se desfaçam.

Por favor, que todos os antepassados que vivem dentro dessa pessoa, recebam essa luz, e se purifiquem!

Aqui nós aprendemos a não termos medo da morte e nem do futuro. Aprendemos a aquietar nossa mente, para percebermos sinais de alarmes internos.

Para Filhos Adotivos

Se você foi adotado e criado por outra família, externa a seus ancestrais biológicos, a investigação de suas raízes pode tomar um formato ligeiramente diferente. Muitas pessoas acham valioso pesquisar igualmente os ancestrais de sua família adotiva e biológica, acreditando que indivíduos adotados tenha sido afetados pelas duas linhagens familiares. Contudo, se você é adotado e experimenta conexão mais forte com a família que o criou do que com os ancestrais biológicos, pode considerar seus ancestrais os membros de sua família adotiva, e sua pesquisa genealógica pode tê-los como alvo. Talvez o vínculo espiritual com família adotiva seja mais forte do que o vínculo biológico, e, portanto, a família adotiva compõe sua verdadeira linhagem ancestral. Entretanto, se sempre se considerou um estranho em sua família adotiva ou experimenta uma ligação muito intensa com seus pais biológicos, pode ser valioso passar algum tempo tentando localizá-los e descobrir o máximo possível sobre eles.

Se, por algum motivo, for incapaz de encontrar seus pais biológicos, você também pode praticar a meditação orientada (foi o que fizemos na aula) para conectar-se espiritualmente com eles. essa meditação pode ser feita mesmo que você nada saiba sobre a sua família biológica e pode ajudá-lo a conectar-se com sua família, ligando-o a informações ancestrais guardadas nos recessos mais profundos de sua mente. Basta estar disposto a usar sua imaginação, e ela permitirá que informações valiosas surjam de seu sexto sentido.

Meditação Para Filhos Adotivos

Imagine-se num lugar onde se sente muito seguro (Espaço Sagrado). Torne a experiência mais real possível. Antes de encontrar a família biológica, você chama seu animal de poder para que fique ao seu lado. Comunique sua intenção ao seu animal guardião e fique por algum tempo ao seu lado até sentir-se conectado e seguro.

Imagine um portal pela qual sua família biológica possa entrar em seu local seguro. eles podem entrar pela porta, um de cada vez ou todos ao mesmo tempo, de acordo com seus desejos. Não importa que alguns membros não estejam mais vivos; você pode passar ainda algum tempo com eles. a Alma não se extingue quando o corpo deixa de existir. Seus antepassados biológicos mais antigos também podem entrar pela porta ancestral. Se, em algum, tempo sentir-se inseguro, chame seu animal de poder e peça-lhe ajuda. Você~e tem a oportunidade de comunicar-se de coração com cada indivíduo que entrar por sua porta.

Ao sentir-se completo, diga adeus e imagine cada um deles indo embora pela porta ancestral. Esta é uma meditação para começar a curar e resolver questões familiares de sua família biológica.

COMPARTILHAR
Resiliência Humana
Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia



COMENTÁRIOS