Algumas pessoas fazem a vida valer a pena, outras apenas sobrevivem fazendo planos…

Jéssica Pellegrini

Algumas pessoas fazem a vida valer a pena…

Você é do tipo que se atenta às oportunidades do agora e deixa saudades por onde passa? Ou só percebe a importância de um momento ou de alguém quando se torna lembrança?

É como se criássemos, diariamente, um roteiro para as atitudes que pretendemos seguir.

A rotina é inconstante demais para tentarmos programá-la; nem tudo acontece como imaginamos.

Alguns personagens protagonistas tornam-se coadjuvantes quando menos esperamos, do dia para a noite. E, dessa forma, uma bifurcação no meio do caminho nos obriga a mudar de trajeto.

O que me faz refletir, com toda sinceridade é essa impossibilidade de prevermos o rumo que a nossa vida vai levar.

A única coisa que podemos controlar são as nossas próprias escolhas. Por isso, faça-as bem e com bastante cautela.

É muito mais leve e saudável vivermos o presente, o momento e aproveitarmos as oportunidades que nos fazem sorrir, não pensarmos tanto e fazermos o que sentirmos vontade.

Não estou sugerindo que joguemos tudo para o alto para vivamos na inconstância, não é isso, muito pelo contrário. Não é simples como essas palavras, eu sei bem, também sou uma pessoa completamente organizada, mas por hoje, eu tenho a seguinte pergunta: PARA ONDE IRÃO OS MEUS PLANOS SE EU MORRER EM 60 SEGUNDOS?

Bom, essa pergunta poderá ser irrelevante, se eu permitir que a felicidade faça morada no meu peito, enquanto eu estiver respirando e com o coração batendo.

Eu nem estou dizendo sobre o sofrimento que alimentamos e a expectativa que depositamos, ainda que esse pontos também contribuam com o lado negativo de fazermos um cronograma para o futuro.

O que estou querendo dizer é que precisamos aprender a viver e não apenas sobreviver. Não basta existir, entende?

Se eu fizer tudo valer a pena e priorizar o hoje, serei mais íntegra, entregue e dedicada.

Afinal, não há nada mais triste do que ter visto as pessoas que eu mais amo partir, deixando-me uma dolorosa lição de casa: não há nada mais frustrante do que privar-se do agora, planejando o amanhã, que talvez seja tarde demais…
Portanto, seja 100% em tudo o que você se propuser a fazer. Deixe a sua marca por onde passar, as suas boas intenções e, acima de qualquer conselho redundante, seja você por todos os dias.

Não há nada mais leve do que encostar a cabeça no travesseiro antes de dormir e ter a consciência tranquila de que, se na manhã seguinte os seus olhos não abrirem mais, você ofereceu tudo o que era possível, para todas as pessoas que cruzaram os seus passos, mesmo que por um breve espaço de tempo.

A vida é uma só. Não seja metade! Precisamos uns dos outros por inteiro!

COMPARTILHAR


RECOMENDAMOS


Jéssica Pellegrini
Nunca confie em uma escritora confusa e romântica. As controversas entre um texto de amor e outro de desilusão, podem causar questionamentos pessoais. Consequentemente, sequelas mais graves.

COMENTÁRIOS