Precisamos parar, respirar fundo, e observar os encantos das coisas simples mas ao mesmo tempo, tão valiosas.

Wandy Luz

Wabi Sabi é uma expressão japonesa, e não possui uma tradução concreta em português e nem em nenhuma outra língua no mundo. Trata-se de um conceito, uma filosofia, onde aprendemos a ver a beleza mesmo nas coisas simples, imperfeitas, impermanentes e incompletas.

Desde que aprendi sobre essa filosofia, eu penso mais e mais sobre como sacrificamos nossa felicidade, nessa busca desenfreada pela perfeição.

Quando aceitamos a assimetria, a imperfeição, conseguimos ver a beleza estonteante que está e sempre esteve bem diante de nossos olhos.

Quando nos desapegamos dos vícios da modernidade, passamos a ter acesso a uma simplicidade elegante que se esconde nos mínimos detalhes do dia a dia.

Precisamos parar, respirar fundo, e observar os encantos das coisas simples
mas ao mesmo tempo, tão valiosas.

Aceitar nossa fragilidade, e não ter medo de compartilhar nossa vulnerabilidade.

Nos amar e nos aceitar como somos… Nossos defeitos e imperfeições são características únicas, impressões digitais da nossa alma.

Para aprender a viver o wabi sabi, precisamos honrar nossa essência, respeitar a natureza, nos conectar com o mundo espiritual, e valorizar os bons sentimentos que nos cercam.

O que precisamos de verdade é aprender a ver o mundo de uma perspectiva diferente, com mais leveza na alma, mais amor ao que é essencial, o simples, que não pode ser visto pelo olhos, não é tangível e não tem preço.

Por uma vida mais feliz, mais leve e com muito wabi sabi.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS


Wandy Luz

Jornalista, colunista, filha do Universo e amante da liberdade. Um ser humano que se encanta a cada dia mais com os mistérios da vida e suas dimensões.
Escrever pra mim é desejar e eu desejo que seu espirito seja livre e a alma plena.
Que o sonhar traga esperança e que a dor traga entendimento.
Em minha jornada fiz como missão questionar e explorar os mistérios desse segredo que e viver.


COMENTÁRIOS