10 coisas que você aprende quando vive um relacionamento saudável

Eu tive relacionamentos sérios antes de encontrar o meu noivo, com quem estou há anos. Antes eu pensava que era adulta e achava que sabia como ser uma grande amiga na relação. Entretanto, encontrar alguém com quem eu partilho uma ligação realmente séria me ensinou que nada que eu tinha experimentado antes era real.
O verdadeiro amor é muito diferente de um relacionamento casual – mesmo que esse relacionamento tenha durado anos (empurrado contra a data de validade já expirada).
Quando você está em um relacionamento bom e saudável você aprende coisas e age de forma diferente; você se comporta como parte de uma equipe, não como um indivíduo fazendo o seu caminho solitário através do mundo. Você tem mais compreensão e aceitação de seu parceiro, ao invés de apenas ficar frustrado com ele, como pode ter acontecido nos relacionamentos passados.

Abaixo, 10 coisas que você aprende quando vive um relacionamento saudável. Essas dicas valem para homens e mulheres!

1. Os mal-entendidos são inevitáveis.

Desentendimentos acontecerão. Às vezes, o que você ouve, diz ou faz pode ser entendido de forma errada. Não fique frustrado por que seu parceiro não entendeu, você com certeza também aprontará dessas e, em alguns momentos, não entenderá o outro lado. Volte um passo para trás e preste atenção ao quanto esse assunto é importante. Desentendimentos só se tornam problemas se você deixá-los crescer. Dê um tempo, fale e, mais do que tudo, ouça antes de armar a tempestade. A resolução pode ser muito mais simples do que parece.

2. Aprende a confiar.

Você tem que confiar em seu parceiro. Por que você compartilha sua vida com alguém, se você pensa que essa pessoa está fazendo algo errado toda vez que você vira as costas? Se você não confia no seu parceiro, você não está em um bom relacionamento. Os melhores relacionamentos começam com uma profunda confiança e ela é uma grande chave para a continuidade deles.

3. Percebe que a autonomia também é importante.

Quando você está apaixonado, você quer estar junto da pessoa amada o tempo todo! Entretanto, quando você vai para locais de trabalho, escolas separadas ou passa mais tempo com a família, você tem experiências novas e nutre seus outros relacionamentos. Essa separação, além de saudável,  é necessária. Quando você sai com seus amigos e seu parceiro passa um  tempo com os dele, você tem tempo e espaço para si mesmo e volta para o outro revigorado e cheio de novos assuntos. Momentos separados ajudam você a realmente compreender o valor de seu relacionamento. Sentir falta é ótimo, assim você e o outro também se valorizam mais.

4. Aprende a estimular o crescimento e a mudança.

Em um bom relacionamento, ambos se encorajam a crescer e mudar. Você tem uma vida para viver – você deve explorá-la ao máximo! Se você quiser sair do seu trabalho e voltar a estudar, o seu parceiro deve apoiá-lo. Se você quer tentar algo novo ou voltar a algo velho, você deve encontrar apoio em seu relacionamento. E você deve dar esse apoio em troca. Incentive o seu parceiro a explorar hobbies e interesses. Se você quiser que seu parceiro  permaneça sempre o mesmo, vocês terão uma vida muito chata juntos.

5. Aprende que estar comprometido não significa que você é fraco.

Você sabe o quanto, em alguns momentos, pode ser difícil se comprometer? Você escolhe seu caminho por que ele parece certo e faz sentido para você. Seu parceiro não concorda com suas escolhas? Dê um passo para trás e analise seus argumentos diplomaticamente. Qual é a conclusão lógica? Se o seu parceiro está certo ou errado? Não tenha medo de concordar com ele quando for o caso. Comprometimento significa parar para ouvir, desenvolver a tolerância e analisar prós e contras de possibilidades de vida. Se um dos dois estiver mais certo que o outro, isso não deve ser o problema. O importante é que a solução seja a melhor escolha.

6. Aprende a admitir suas fraquezas.

Seu parceiro não espera que você seja um super-herói, e espera que você não espere isso dele! Somos todos humanos; todos nós temos falhas. Na verdade, para ter um relacionamento sério e estável, você precisa deixar suas fraquezas serem vistas. Se você mostrar quais são seus pontos fracos, há mais chances de que o parceiro seja mais sensível ao que te incomoda.

7. Às vezes, você só pode aceitar as coisas, não corrigi-las.

As pessoas têm um bagagem. Você tem a sua, e seu parceiro tem a dele. Você pode voltar e apagar tudo isso? Você poderia até querer, mas não pode! Você está preso e é fruto de sua história. Algumas coisas são mais fáceis de superar do que outras, mas a realidade é que, às vezes, você não pode consertar algumas delas. Você não pode simplesmente eliminar ou ignorar alguns problemas Você tem que aceitá-los e superá-los para poder seguir em frente.

8. Perdoar rápido e verdadeiramente.

Sempre que vocês tiverem uma briga, não se preocupe com quem ganhou ou quem perdeu. Apenas aprenda – a partir do que foi dito, tanto quanto da forma como foi resolvido. Depois que você aprender com as lições dessa briga, você pode aplicá-las em seu relacionamento para evitar problemas mais tarde. Parece fácil, mas dificilmente o fazemos! Perdoe o seu parceiro! Perdoe-se. A briga acabou, ficou no passado. Nunca alimente nada contra o seu parceiro, tente resolver com ele. Ressentimentos construirão um relacionamento em que você não vai querer ficar.

9. Nunca esperar nada.

Não espere que o seu parceiro leia a sua mente, traga café na cama ou se ofereça para lavar os pratos. Isso não vai acontecer. Você não pode esperar nada de ninguém – você tem que informar os seus desejos: comunique-se. Verifique se o seu parceiro sabe o que você espera do relacionamento, bem como as suas opiniões sobre uma grande variedade de questões.

10. Demonstrar seus sentimentos.

A pior coisa que você pode fazer em um relacionamento é jogar. Não provoque o seu parceiro; não “recompense” boas ações com amor e carinho. Você tem que ter certeza que seu parceiro sempre se sente amado. Você pode ser feliz com ele ou ficar bravo com ele – não importa – ele só precisa de se sentir amado. Ele precisa saber sobre os seus sentimentos. Mas, tenha certeza que você está mostrando seus sentimentos de uma forma que eles não serão mal-interpretados (volte para a primeira dica!)

VIALife Hack
COMPARTILHAR
Resiliência Humana
Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia



COMENTÁRIOS